bairro-jabaquara-sao-paulo

Centralidade e transporte: Como é morar no bairro Jabaquara

5 MINUTOS DE LEITURA

História, mobilidade e fácil acesso a áreas verdes (e ao Aeroporto de Congonhas!) marcam a rotina dos vários perfis que moram no Jabaquara.

Quem vive em São Paulo conhece o bairro Jabaquara, que atrai diferentes tipos de pessoas e passa por um processo intenso de verticalização, com plantas para vários gostos e bolsos. 

Este post apresenta um pouco sobre o dia a dia no bairro, além de suas características, diferenciais e longa história. Boa leitura!

Como é morar no Jabaquara

O Jabaquara é um conhecido bairro da Zona Sul de São Paulo. Ladeado pelo Aeroporto de Congonhas e o Jardim Botânico, conta com boas opções de transporte público e vive um período agitado de construções de novos prédios residenciais.

Atualmente procurado por perfis bem diversos, dá acesso estratégico a duas rodovias, Anchieta e Imigrantes, e à Avenida Jabaquara, atraindo quem quer morar em um ambiente mais tranquilo sem perder a conexão com bairros centrais e outros pedaços da Zona Sul.

Vale dizer que o Jabaquara tem também bons hospitais em seu entorno, como uma unidade do Hospital São Luiz e o Hospital da Criança. Para saúde pública, há duas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e o Hospital Municipal Dr. Arthur Ribeiro de Saboya.

Jabaquara e SP: um bairro repleto de história

Com longa história de ocupação, o Jabaquara tem nome em tupi (que significa algo como “toca de fuga”), abrigou a sesmaria do Padre José de Anchieta e, depois, quilombos

Virou a área que conhecemos hoje em meados do século 20, quando Santo Amaro deixou de ser município independente e voltou a ser parte de São Paulo. Novamente paulistano no papel, o bairro começou então a ser loteado e urbanizado, principalmente depois da chegada do Aeroporto de Congonhas.

Parte dessa história toda ainda resiste no Sítio da Ressaca, uma casa-museu do período colonial e que ainda tem telhas originais do século XVI. Foi gente como o poeta modernista Mário de Andrade que trabalhou para tombar a casinha e, assim, não deixar a memória nacional se perder para dar lugar a novas construções. 

Deu certo: hoje é um lugar histórico e preservado onde é possível saber mais sobre a história do povo negro em São Paulo.  

Casa do Sítio da Ressaca
A fachada da Casa do Sítio da Ressaca, construída em 1719: um pedaço da história que resiste no bairro Jabaquara

Mobilidade no Jabaquara

Naturalmente, é neste bairro que fica o Terminal Intermodal Jabaquara, onde circulam ônibus para outras partes da região metropolitana e também para outras cidades do litoral e ABCD paulista.

O Terminal Jabaquara também é integrado à estação de metrô Jabaquara, da Linha 1-Azul (uma curiosidade: ela é a estação em funcionamento mais antiga do Brasil e foi inaugurada em 1974). Outra opção de metrô é o Conceição, também da Linha Azul.  

metro-jabaquara.jpg
O metrô Jabaquara é integrado ao Terminal Intermodal Jabaquara

O que fazer no bairro Jabaquara

Um bairro antigo como o Jabaquara tem um pouco de tudo. É possível começar o dia com um docinho vegano da Nana Brazilian Sweets e seguir para um passeio pela Casa Histórica Sítio da Ressaca, construída lá atrás, em 1719, para aprender mais sobre a história e a cultura afro-brasileira. 

A casa fica no Centro de Culturas Negras do Jabaquara (CCN), um agradável espaço junto ao Centro Cultural Jabaquara com área verde, apresentações de música e teatro e a Biblioteca Paulo Duarte, onde ficam milhares de livros que os moradores podem emprestar. 

Uma visita ao Parque Lina e Paulo Raia, inaugurado em 1981

Dentro do próprio bairro Jabaquara fica o simpático Parque Lina e Paulo Raia, uma pequena reserva ecológica onde dá para se exercitar ao ar livre e as crianças podem aproveitar um espaço artístico montado para elas, além de se divertir com as espécies de animais que se abrigam por lá. 

Para quem está disposto a dirigir alguns minutinhos, há a beleza do Jardim Botânico e os animais do Parque Zoológico de São Paulo, logo ali cruzando a Rodovia dos Imigrantes.

O bairro Jabaquara, SP, no mapa: além de ter o parque Lina e Paulo Raia dentro da própria área, é próximo do Jardim Botânico e do Parque Zoológico de SP

A Loft tem apês nas melhores ruas do Jabaquara!

Hoje uma das startups mais valiosas do Brasil, a Loft começou em 2018 com o objetivo de descomplicar a compra e venda de imóveis. Para a gente, encontrar uma casa nova deve e pode ser uma experiência memorável, gostosa e tranquila.

Pouco a pouco, o portfólio foi crescendo e hoje estamos em todas as partes de São Paulo – o que significa que temos ótimos apartamentos à venda no bairro Jabaquara, claro.

Pronto para encontrar seu novo apê no Jabaquara? Clique aqui e marque sua visita!

Loft no Jabaquara: Apartamento de 112 metros quadrados à venda no bairro Jabaquara, em SP

Outros assuntos que podem lhe interessar

Assine nossa Newsletter
Assine nossa newsletter