captacao-de-imoveis-corretor

Está fazendo captação de imóveis? Veja nossas dicas!

6 MINUTOS DE LEITURA

Saiba como facilitar a captação de novos imóveis para sua carteira e como a Loft pode ajudar.

O que significa fazer captação de imóveis

“Fazer a captação de imóveis” é um jargão dos corretores e das imobiliárias que quer dizer adicionar imóveis à carteira, ou seja, ter imóveis no portfólio para apresentar aos clientes.

Qual o tipo de bem imobiliário aqui depende da especialidade do corretor: pode ser comercial, residencial, lançamento, já existente, casa, terreno, apê, etc. E mesmo depois dessa peneira, ainda sobram tantas opções de caminho que se torna super importante entender os conceitos de uma boa captação de imóveis. 

Leia também: Corretor, você já definiu seu plano de carreira?

O que é uma boa captação de imóveis

Sabe o ditado “melhor um pássaro na mão do que dois voando”? Pois é, aqui a lógica se aplica: é melhor ter menos imóveis em uma carteira apropriadamente selecionada do que ter um portfólio gigante e ficar perdido dentro dele. 

Em outras palavras, a boa captação envolve procurar as melhores oportunidades de negócio em vez de todas as oportunidades de negócio. O que isso significa na prática depende também do seu jeito de trabalhar, das suas habilidades e conhecimentos e do que te motiva. 

Há corretores especializados em vender apês para investidores, por exemplo. Tem também quem prefira representar terrenos, quem aprendeu a vender muitíssimo bem os diferenciais de um determinado bairro ou região da cidade e por aí vai. As habilidades do corretor nesse sentido são ativos para encontrar o melhor negócio: aquele que o profissional consegue fechar. 

Dicas para ter sucesso na captação de imóveis

Fique atento às tendências do mercado imobiliário e trace estratégias

Saber em que ponto o mercado está e para onde se dirige vai ajudar a identificar boas chances de negócio. Se a prefeitura anunciou um novo parque ou uma estação de metrô está quase pronta, aquele entorno já ganha um novo diferencial. Chegar lá um pouquinho antes da competição faz toda a diferença.

Faça uma precificação precisa dos imóveis que interessam

Aprenda a interpretar os preços realistas do tipo de imóvel que te interessa. Isso vai ajudá-lo a analisar quais são os bons negócios e os negócios mais difíceis. E lembre-se que é frequente que haja um apego emocional do lado do vendedor e que isso impacte na determinação do preço. Invista no diálogo, converse bastante com o proprietário e, se puder, leve dados para comprovar o que você está dizendo.

Não pule a análise documental

Encontrou um imóvel que parece incrível, um achado que vai vender rapidinho? Continue animado, mas faça a análise de documentos antes para não representar um problema sem saber. Peça o número da matrícula ao proprietário e cheque se tem algum ônus ou dívida envolvida.

Entenda o que motiva o vendedor

Às vezes as pessoas vendem um imóvel porque querem comprar outro, mudar de cidade ou pagar alguma coisa. Entender os motivos é fundamental para fazer melhor o trabalho da corretagem. Dessa forma, não só você vai saber por onde negociar com ele (se tem pressa, por exemplo, pode estar disposto a abaixar o preço) como evita surpresas (se quer pagar uma dívida, ela tem a ver com aquele imóvel? Melhor verificar!). 

Faça captação de imóveis pela internet

Hoje em dia, muitos proprietários fazem o próprio anúncio nos sites de venda de imóvel – e isso é ótima notícia para os corretores. Aproveite que os vendedores já colocaram fotos e descrições para entender se aquele imóvel agrega valor ao seu portfólio. Vá à caça online e, quando encontrar algo legal, entre em contato e ofereça seus serviços.

Esteja disponível e seja profissional

Você é seu melhor cartão de visitas, e isso se estende ao seu comportamento. Usa seu WhatsApp pessoal no dia a dia de trabalho? Então escolha uma imagem adequada. Na hora de se comunicar, seja claro e educado. Não precisa ser super formal, mas use o bom senso: você quer se envolver em uma das maiores transações da vida daquela pessoa e cada detalhe conta.

Crie um networking na área que interessa

Imagine que você atua bastante em um determinado bairro e quer mais apês por lá para seu portfólio. Quem trabalha todos os dias nesses edifícios, como porteiros e zeladores, pode ter dicas quentinhas quando surgir uma oportunidade. Procure ser sempre amistoso e deixar seu contato nos prédios que interessam.  

Atualize suas fichas pelo menos uma vez por mês

Depois que se faz a captação do imóvel, é preciso ficar por dentro do que está acontecendo ali: preço, planta, condições de pagamento, quais são os bons horários para visita, como ele é, detalhes importantes, se tem reforma rolando, quem buscar para mais informações, quais as preferências do proprietário etc. E essas coisas podem mudar com o passar do tempo.

Então atualizar as fichas dos imóveis na sua carteira mensalmente é essencial. Se der para ser mais frequente, melhor ainda! Assim você sempre está sabendo das coisas e pode vender melhor esse peixe.

Na TV CRECI, especialistas falam sobre como fazer captação de imóveis com qualidade

Seja parceiro da Loft e adicione apês incríveis ao seu portfólio

Para a Loft, ter uma boa parceria com corretores de imóveis é fundamental para o sucesso do negócio. Por isso, prezamos pela transparência e pela confiança nessa relação e deixamos os vínculos bem claros nos contratos de compra e venda. E fazer parte disso é gratuito: você só precisa se cadastrar!

Nosso site tem muitos apês em São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro e todos passam por uma análise documental rigorosa, além de terem preços alinhados com a realidade do mercado e vários adicionais, como fotos profissionais e visita virtual. 

Uma vez cadastrado como nosso parceiro, a gente garante: você fez uma ótima captação de imóveis, viu?

Outros assuntos que podem lhe interessar

Assine nossa Newsletter
Assine nossa newsletter