Cédula de Crédito Imobiliário: o que é e para que serve?

cedula-de-credito-imobiliario
Tempo de leitura: 4 minutos

Você já ouviu falar em Cédula de Crédito Imobiliário ou CCI? Trata-se de uma forma de repassar uma dívida de imóvel a uma pessoa interessada em comprá-la. Essa pessoa recebe o dinheiro que será pago pelo devedor em parcelas com juros – lucrando com a operação dessa forma. 

Neste artigo, vamos detalhar o que é CCI, qual é a serventia dela para o mercado e quem pode emitir uma cédula de crédito imobiliário. Você vai entender melhor ao longo do texto: 

  • O que é CCI ou cédula de crédito imobiliário?
  • Cédula de Crédito Imobiliário: o conceito para quem compra
  • Como funciona a cédula de crédito imobiliário para o devedor?
  • Como resgatar a Cédula de Crédito Imobiliário da Caixa Econômica Federal?
  • A Loft garante um financiamento que cabe no seu bolso

O que é CCI ou cédula de crédito imobiliário?

A CCI ou Cédula de Crédito Imobiliário é um título de crédito emitido a partir de uma dívida imobiliária de um indivíduo a ser paga para um credor. Esse título é vendido, e quem o compra ganha o direito de receber as prestações (e juros) do crédito imobiliário que iriam para o credor. 

Esse título é considerado um ativo financeiro, registrado na Bolsa de Valores (a B3, no caso brasileiro). A emissão dele normalmente é feita por uma instituição financeira, como um banco que oferece financiamentos imobiliários. A CCI pode ser fracionada a vários compradores ou comercializada pelos bancos de forma integral. 

A CCI do imóvel não depende do consentimento do devedor para ser vendida. Sua emissão pode se dar por modo escritural ou cartorial. No segundo caso, o registro da cédula deve ser feito no Cartório de Registro de Imóveis cabível, onde ela será averbada na matrícula do imóvel. 

Já na forma escritural, a CCI será emitida sob a forma de escritura pública ou instrumento particular de responsabilidade do banco, registrado no sistema de registro e liquidação de títulos privados do Banco Central.

Cédula de Crédito Imobiliário: o conceito para quem compra

O conceito de Cédula de Crédito Imobiliário para aqueles que investem em sua compra é receber juros por uma dívida imobiliária. Com isso, esses compradores acabam lucrando ao longo da quitação dessa dívida. 

Como já vimos, a CCI pode ser vendida integralmente ou de forma fracionada. Sua comercialização é feita na Bolsa de Valores. Em 2020, o Brasil teve a primeira emissão de  Cédulas de Crédito Imobiliário inteiramente digital. Até então, esse procedimento era feito apenas por meio físico para o mercado de capitais. 

Quem compra a CCI pode ser remunerado de forma pré ou pós-fixada. Na modalidade pré-fixada, as taxas de juros são fixadas de forma prévia. Assim, o comprador já sabe quanto vai ganhar com aquele título. Já na pós-fixada, os juros variam ao longo do tempo, e o valor final ganho pelo comprador não está estipulado. 

Vídeo mostra como funciona a Cédula de Crédito Imobiliário

A CCI é considerada um investimento seguro, barato e de negociação simples, com taxas de rendimento mensais muitas vezes pré-definidas e que acompanham o valor do crédito imobiliário. O título, no entanto, não tem a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

Os bancos e instituições financeiras, por sua vez, se beneficiam ao adiantar a receita de prestações que viriam só no futuro. 

É importante ressaltar que, se o financiamento foi autorizado com garantia de alienação fiduciária, a cessão da CCI para um investidor leva à transferência das respectivas garantias ao comprador do título. 

Com isso, quem adquire a cédula passa a ser o beneficiário da alienação fiduciária estabelecida no contrato de financiamento, caso haja inadimplência do devedor. Isso está estabelecido na lei que fala de Cédula de Crédito Imobiliário, a 10.931 de 2004. 

A exceção para a transferência dessa garantia é se “houver prenotação ou registro de qualquer outro ônus real sobre os direitos imobiliários respectivos, inclusive penhora ou averbação de qualquer mandado ou ação judicial”, segundo o texto da lei. 

Como funciona a cédula de crédito imobiliário para o devedor?

A emissão da Cédula de Crédito Imobiliário funciona de forma independente de qualquer aval do devedor, como já vimos. Isso consta no artigo 21 da legislação que rege o funcionamento da CCI. 

Com a emissão da Carta de Crédito Imobiliário, o pagamento da dívida vai sendo encaminhado para quem investiu na compra do título, e não para o banco. Mas isso não altera a rotina do devedor nesse aspecto.

Quer financiar um imóvel? Confira como ficam as parcelas no nosso simulador 

Como resgatar a Cédula de Crédito Imobiliário da Caixa Econômica Federal?

Por outro lado, no final da dívida, é comum ouvir que o proprietário do imóvel recém quitado deve resgatar a Cédula de Crédito Imobiliário em financiamentos da Caixa Econômica Federal. Isso acontece porque o resgate da CCI representa uma declaração de quitação, que deve ser emitida pela instituição financeira credora. 

Comprovar a quitação de um financiamento é essencial para registrar o fim da dívida no Cartório de Registro de Imóveis. Assim, é possível retirar a alienação fiduciária da matrícula do imóvel e tornar-se oficialmente o único proprietário do bem. Explicamos o que é preciso fazer após a quitação neste outro artigo

Portanto, se você fez um financiamento e já terminou de pagar as parcelas, é preciso requisitar a Cédula de Crédito Imobiliário junto à Caixa Econômica. Para tal, basta entrar em contato com o banco e fazer esse pedido.  

“O devedor resgata essa cédula no final do financiamento. Eles (o banco) vão assinar dizendo que você pagou a dívida. Funciona como um termo de quitação”, explica Rafael Godoi, da equipe responsável por financiamentos imobiliários da Loft Cred. 

A Loft garante um financiamento que cabe no seu bolso

Se você precisa financiar imóvel novo, a Loft Cred te ajuda. Nossa assessoria de crédito é gratuita, funciona online e reúne um time de especialistas experientes e com bom relacionamento com os maiores bancos do país. Eles negociam o seu financiamento com esses bancos em seu nome. Com isso, conseguem nesse processo as melhores taxas de crédito possíveis para o seu perfil. 

O serviço da Loft Cred está disponível para qualquer um – não é preciso comprar um imóvel do catálogo da Loft. Algumas das principais vantagens de financiar com nosso auxílio são:

  • Assessoria totalmente gratuita, que atende mesmo quem não seja cliente da Loft
  • Garantia das melhores taxas do mercado para sua operação
  • Ajuda com a burocracia: a Loft reúne sua documentação e cuida da papelada
  • Mais rapidez e segurança para seu financiamento

Quer aproveitar esses e outros benefícios? Cadastre-se com a Loft Cred