O que é e como funciona o programa Cheque Moradia?

cheque-moradia
Tempo de leitura: 4 minutos

Pouca gente sabe, mas em alguns lugares do país é possível chegar mais perto do sonho da casa própria através de um programa de estímulo à habitação alternativo ao Minha Casa Minha Vida (que hoje se chama Casa Verde e Amarela). Estamos falando do cheque moradia, que transfere recursos para famílias em situação mais vulnerável para garantir que elas tenham onde morar. 

Neste texto, vamos explicar como funciona o programa, em que estados esse apoio à moradia é oferecido pelo governo e como você pode fazer a sua inscrição do cheque moradia.  Você vai encontrar por aqui também:

  • O que é cheque moradia?
  • Como funciona o cheque moradia?
  • Como faço para me cadastrar no cheque moradia?
  • Cheque moradia: quem tem direito?
  • Como fazer uma inscrição na Cohab?

O que é cheque moradia?

O cheque moradia é um subsídio de governos estaduais que serve para facilitar o acesso à moradia por famílias de baixa renda (em alguns casos, também para servidores públicos). Esse é um programa que existe apenas em alguns estados brasileiros, como o Pará, Goiás e São Paulo. 

As regras mudam de estado para estado. No Pará e em Goiás, o cheque serve para construção, reforma e ampliação, e é usado apenas na compra de materiais de construção. Em São Paulo, ajuda as famílias beneficiadas a comprar o tão sonhado imóvel próprio direto com construtoras.

Vídeo do Governo do Pará mostra como beneficiários usaram o cheque moradia no estado

Como funciona o cheque moradia?

O cheque moradia funciona de maneiras diferentes, dependendo do estado. Em São Paulo, o cheque moradia representa um subsídio (valor oferecido pelo governo) de até R$ 40 mil reais para famílias com renda de até três salários mínimos. Esses incentivos valem para a compra de unidades novas, em empreendimentos habitacionais. 

Em maio de 2020, o governo de São Paulo anunciou que ia facilitar a compra de 15.899 unidades através do cheque moradia em 24 cidades paulistas. A meta do programa Nossa Casa, segundo o governo, é destinar R$ 1 bilhão para garantir 60 mil novas casas para famílias de baixa renda espalhadas pelo estado. 

Já no Pará e em Goiás, esse benefício serve só para a compra de materiais de construção, para que as famílias possam reformar, construir uma casa ou então ampliar suas moradias. A compra de terrenos não está incluída no programa. 

Veja como financiar materiais de construção

Em Goiás, o programa dá crédito de até R$ 5 mil. Para reforma e ampliação, o valor máximo é de R$ 1,5 mil. Os comerciantes que aceitam o cheque moradia ganham isenção fiscal no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é recolhido pelos estados. 

No Pará, a lógica é bem parecida: o dinheiro para as famílias, distribuído em um cartão pela Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab), serve para construções e reformas. Os comerciantes que aceitam o cheque moradia também têm renúncia fiscal assegurada pela secretaria de fazenda local. 

Mas, no Pará, também dá para usar o benefício para contratar mão de obra especializada para fazer as obras necessárias, em um limite de R$ 3 mil. No final de 2019, o programa cheque moradia foi reformulado através do Decreto 8.967. Agora, ele se chama Sua Casa

Como faço para me cadastrar no cheque moradia?

Para se cadastrar no cheque moradia, você deve ir atrás do órgão de habitação que regula o programa no seu estado ou então junto à prefeitura da sua cidade. Em São Paulo, é possível registrar interesse em participar do programa Nossa Casa (dentro do qual serão distribuídos subsídios do cheque moradia) no site oficial da iniciativa. 

Caso você more no Pará, deve comparecer à Cohab para fazer o cadastro no cheque moradia (hoje chamado de programa Sua Casa). O endereço é Passagem Gama Malcher, nº 361, bairro Souza, Belém. Há ainda um telefone para contato: (91) 3214-8400. A Cohab disponibiliza ainda uma página de consulta do cheque moradia para inscrições feitas depois de 2004.  

A Agência Goiana de Habitação (Agehab), por sua vez, informa que os interessados no benefício devem procurar diretamente as prefeituras de suas cidades. Em caso de dúvidas, o telefone da Agehab é (62) 3096-5000, e o atendimento vai de 8h às 12h e de 14h às 18h. 

Cheque moradia: quem tem direito?

Em geral, têm direito ao benefício famílias com renda mensal de até três salários mínimos. O titular do benefício precisa ser maior de 18 anos para fazer essa solicitação. Outras condições são:

  • Não ser proprietário de outro imóvel
  • Ser maior de 18 anos ou emancipado
  • Ter no mínimo dois integrantes na famílias (no Pará e em Goiás)
  • Não ter sido beneficiado por outro programa habitacional em qualquer âmbito (no Pará, em Goiás essa regra vale apenas para o âmbito estadual)
  • Provar que detém a propriedade onde o imóvel será construído há mais de cinco anos (no Pará)
  • Comprovar vínculo de pelo menos três anos com o município onde vai ser concedido o cheque moradia (em Goiás)

Como fazer uma inscrição na Cohab?

As companhias municipais ou estaduais de habitação (chamadas de Cohabs) costumam centralizar cadastros que permitem o acesso das famílias de baixa renda a programas habitacionais, sejam eles federais, estaduais e até municipais. 

Para fazer uma inscrição em programas habitacionais na Cohab do seu estado ou cidade, consulte a página oficial do órgão. A da cidade de São Paulo pode ser acessada aqui. A do estado do Rio de Janeiro (que chama-se Cehab), você confere aqui

A Loft Cred torna seu financiamento mais vantajoso

Você está atrás de economia no seu financiamento imobiliário? A Loft Cred pode proporcionar esse benefício. Nossa assessoria de crédito ajuda você a encontrar as melhores taxas do mercado para o seu perfil. 

Depois de você simular as prestações do seu financiamento e fazer um cadastro na nossa plataforma, nosso time de especialistas vai identificar as melhores oportunidades para o seu perfil entre as linhas de crédito oferecidas pelos principais bancos do país. Você vai contar com a orientação personalizada de quem entende do assunto. Assim fica mais fácil escolher as melhores taxas do mercado.

“Vamos montar a simulação e indicar qual banco oferece as melhores condições pro cliente, que não necessariamente é o que tem a melhor taxa de juros. Às vezes a diferença está em um seguro obrigatório. E aí, nós paramos para analisar o banco que vai trazer o melhor Custo Efetivo Total”, explica Rafael Godoi, do time de financiamentos da Loft Cred. 

Além disso, a equipe da Loft Cred centraliza a comunicação com o banco escolhido e se encarrega de toda a burocracia da operação. Da recolha e envio de documentos até o registro da operação no cartório, nosso time tira as suas dúvidas, resolve pendências e oferece todo o suporte que você precisar. 

Dá mais tranquilidade poder contar com especialistas, não é? Outra boa notícia é que esse serviço não custa nem um centavo a mais para o seu bolso – e permite ainda que você realize o sonho de financiar um apartamento novo sem sair de casa. 

Conheça todas as vantagens de financiar com a Loft Cred