Como fazer a combinação de cores para apartamento perfeita

combinacao-de-cores-apartamento-loft
Tempo de leitura: 5 minutos

Cada ambiente do apartamento tem uma função e a tabela de cores definida vai te ajudar a fazer do lar o seu refúgio. Entenda por onde começar!

Você não precisa ser um gênio da pintura como Frida Kahlo, Van Gogh, Picasso ou Tarsila do Amaral para se aventurar no universo das cores. Escolher a paleta certa para o lar pode transformar por completo a sensação de bem-estar em uma casa.

A boa combinação de cores para apartamento vai passar por alguns caminhos, como os tons de que os moradores mais gostam, o clima que se quer criar para cada ambiente e o jogo formado entre as cores e a iluminação do espaço.

É mito, por exemplo, que apartamentos pequenos não podem ser coloridos. Com tons pastéis, é possível trazer luz e dar amplitude para os espaços sem perder o charme da combinação de cores.

O que é psicologia das cores?

“A psicologia das cores estuda quais as sensações que as cores causam em nosso cérebro. Compreendido isto, podemos utilizá-las de forma assertiva para proporcionar a melhor experiência dentro dos ambientes para os usuários”, ensina Fernanda Giacomeli, arquiteta da Loft.

combinacao-de-cores-apartamento-branco-loft
O branco faz uma boa combinação de cores com os tons de madeira, criando ambientes aconchegantes e equilibrados

A psicologia das cores explica então que nenhuma cor é escolhida ao acaso – ou pelo menos não deveria ser. Pode reparar: boa parte dos restaurantes em praças de alimentação de shopping centers utilizam vermelho, laranja ou amarelo em sua comunicação visual. Essas cores são conhecidas por causar agitação e apetite.

Para a combinação de cores de apartamento, vale estabelecer o equilíbrio como meta. Afinal, ninguém quer chegar em casa e se sentir agitado ou deprimido.  

Tabela de cores: criando uma paleta adequada

Basicamente, há três tipos de cores: as cores quentes, as cores frias e as cores neutras. Na moda, é comum ver cores complementares juntas, como roxo e amarelo. E ainda o color blocking, que pode colocar em um mesmo look peças vermelhas e rosas.

Na decoração, a tabela de cores deve ser mais certeira. Diferentemente do universo fashion, no qual podemos experimentar uma nova tendência a cada dia, o design de interiores tende a ser mais duradouro. Por isso, as escolhas que você fizer agora ficarão no seu apartamento por alguns bons meses.

Karla Amadori dá dicas sobre como definir as cores para cada ambiente

Para acertar, pode ser melhor procurar a ajuda de um profissional. “Cada pessoa tem a sua preferência e o papel do arquiteto ou designer de interiores é criar a melhor composições dessas cores dentro da paleta que o morador gosta, e aplicá-las ao projeto de forma adequada”, diz Fernanda. É simples como parece: você diz as cores que não podem faltar no seu apartamento e, como num passe de mágica, elas estarão lá.

Cores de parede: é melhor investir em cores neutras?

Apesar de muitas cores vibrantes estarem ganhando as casas e os apartamentos, como o Living Coral – a cor do ano da Pantone – boa parte das pessoas ainda prefere as cores de parede convencionais. “Os tons mais comuns para as paredes são as cores neutras, por não serem ‘enjoativas’ e não competirem diretamente com os demais itens de decoração”, explica a arquiteta da Loft.

As cores neutras, assim, geram maior facilidade ao morador na hora de escolher peças de mobiliário e objetos decorativos. “Inclusive, possibilitam a mudança desses itens ao longo do tempo, sem a preocupação de ‘será que combina?’, já que são neutras.”

Leia também: Veja tudo o que envolve uma reforma

A tabela de cores neutras é formada pelo branco, cinza e preto, além de todas as suas possíveis tonalidades (claras e escuras) e intensidades (fracas e fortes). “Tudo depende da intenção do projeto. Inclusive, trabalhando diferentes intensidades de cores, criamos efeitos visuais nos ambientes. Podemos ampliar, encurtar, estreitar e destacar os espaços”, afirma Fernanda.

A cor do ano da Pantone, Living Coral, pode ser usada até na cozinha, seja em paredes ou nos armários

Há diferença na paleta de cores para sala e cores para quarto?

Por se tratar de uma área de uso comum a todos os moradores do apartamento, a combinação de cores para sala pede atenção. Geralmente, as salas são ambientes de descanso e permanência de pessoas, ainda mais se a família gosta de receber parentes e amigos com frequência.

Cores neutras costumam ser as mais usadas na sala, mas tudo vai depender do gosto e intenção dos moradores para aquele espaço. “Se tem um perfil mais ativo e energético, é possível trabalhar com cores mais vibrantes e alegres, porém, se tiver um perfil que busca de fato o relaxamento, as cores neutras são mais indicadas. Neste caso, gosto de utilizar os tons de bege e cinza, bem clarinhos”, diz a arquiteta.

O quarto também é um ambiente de descanso e relaxamento, especialmente após um dia longo no trabalho. A atenção com as cores para quarto deve ser redobrada, já que é preciso garantir que a qualidade do sono dos moradores não seja afetada pela paleta das paredes e dos objetos. 

combinacao-de-cores-apartamento-azul-loft
Apesar de não estar entre as cores neutras, o azul pode ser usado na decoração para trazer a sensação de relaxamento

“Sabemos que a  qualidade de vida é diretamente proporcional à qualidade do nosso sono. Nesse quesito, fazer bom uso da cromoterapia é de grande valia. Se a intenção é de fato apenas se sentir relaxado e tranquilo, aposte nos tons de azuis, pois eles são propícios a isso. Agora, se tem um pequeno home office em seu quarto e precisa se sentir estimulado e criativo, aposte nos tons de amarelo, que estimulam a espontaneidade e alegria nos ambientes.”

Cores primárias e cores secundárias: como fazer uma boa mistura de cores?

A combinação de cores primárias dá origem às cores secundárias. Quem não lembra dos giz de cera e das massas de modelar que se usa nos primeiros anos escolares? Embora na decoração a tendência seja apostar em diferentes nuances de cada família de cores, é possível criar algo único combinando cores primárias e cores secundárias.

Cores primárias são compostas pelos tons de vermelho, azul e amarelo. Já nas secundárias aparecem o verde (mistura entre azul e amarelo), o laranja (amarelo e vermelho) e roxo ou violeta (vermelho e azul). “As cores secundárias derivam das primárias, e, por isso, todas elas combinam muito bem entre si. Eu sou adoro utilizar a composição entre as tonalidades de azul e laranja”, finaliza Fernanda. 

A Loft entrega seus apartamentos reformados, com uma infraestrutura (elétrica, hidráulica, luminotécnica) totalmente nova e com um perfil de cores neutras nas paredes e acabamentos, que pode servir de base para sua decoração. Conheça o portfólio de apartamentos da Loft e agende sua visita!