como-conseguir-emprestimo-para-assalariado

Empréstimo para assalariado: vale a pena? O que é preciso para pedir?

7 MINUTOS DE LEITURA

Quando se tem um emprego fixo, as possibilidades de conseguir um empréstimo com boas condições aumentam. Entre as possíveis vantagens, estão taxas de juros menores, chances maiores de aprovação de crédito, mais modalidades de crédito disponíveis, dentre outras. 

Neste artigo, a gente vai ver o que é preciso para solicitar empréstimo para assalariado, se vale a pena tomar crédito dessa forma e quais são as possibilidades que surgem quando se tem maior segurança financeira por causa do contracheque mensal. E aqui nós vamos te mostrar também algumas diferenças entre o empréstimo para trabalhadores de carteira assinada e os autônomos.

Empréstimo pessoal para assalariado: como funciona?

O empréstimo pessoal para um assalariado é uma das formas mais comuns de garantir crédito para essa categoria – seja para quem trabalha com carteira assinada ou recebendo por contrato, por exemplo. Nessa modalidade, o empréstimo é feito tendo como base uma análise de crédito do solicitante feita pelo banco ou financeira. Tendo carteira assinada, o processo costuma ser mais rápido e sem maiores contratempos.

Como o empréstimo pessoal para um assalariado é baseado em análise de crédito, pessoas que recebem de maneira que seja fácil de comprovar renda podem conseguir condições tão favoráveis quanto as de quem é de regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), por exemplo. Tudo isso com a vantagem de não exigir garantia nem consignação e oferecer taxas de juros mais baixas que outros tipos de crédito.

Do outro lado da equação, quem é autônomo – e tem renda que varia – pode encontrar mais dificuldade de conseguir condições favoráveis, como é o caso de um empréstimo para um trabalhador de carteira assinada.

Outra modalidade de empréstimo que também pode ser cogitada para quem é tanto assalariado quanto autônomo é o empréstimo com garantia de imóvel ou veículo.

Como conseguir crédito pessoal para assalariado?

Para conseguir um empréstimo baseado em crédito pessoal para assalariado, vale lembrar que quem trabalha sob vínculo empregatício da CLT tem a vantagem de ter mais facilidade para comprovar renda: possui vínculo formal e estável, com contrato assinado e garantia de salário mensal – o que estimula bancos e financeiras a verem menos riscos de inadimplência.

Os documentos normalmente necessários para solicitar um empréstimo pessoal são: 

  • carteira de identidade;
  • CPF;
  • comprovante de renda;
  • comprovante de residência. 

Para comprovar renda, basta apresentar relações de contracheques / holerites ou mesmo a carteira profissional (CTPS). E se houver variáveis como comissões e horas extras, essas informações têm que constar dos últimos três meses antes do pedido de empréstimo.

O crédito pessoal para um assalariado também pode se estender para quem recebe por contrato como pessoa jurídica ou com recibos de pagamento autônomos, por exemplo – mas desde que conseguindo comprovar renda de forma válida. Para isso, vale também se munir da declaração de imposto de renda de pessoa física / jurídica ou dos ganhos como PJ ou microempreendedor, por exemplo.

Mas o mais importante é: mesmo quem é assalariado precisa ter um score de crédito bom para que o empréstimo pessoal seja aprovado. Conseguir crédito estando com nome sujo é muito difícil, mesmo comprovando renda: as financeiras têm receio maior do risco de emprestar para quem tem dívidas pendentes ou ficou com o cadastro manchado. Resumo? Empréstimo para negativado assalariado é muito mais complicado.

Empréstimo consignado para assalariado

O empréstimo consignado para quem é assalariado é uma possibilidade de conseguir juros mais baixos e com desconto direto na folha de pagamento – como uma espécie de adiantamento com juros. 

Quem trabalha sob a CLT tem algumas vantagens com a possibilidade desse tipo de empréstimo: tem parcelas pré-fixadas, sabendo sempre o quanto pagará; recebe ofertas de juros mais baixos (por sua estabilidade financeira); e tem mais chances de conseguir crédito mesmo se tiver alguma pendência no nome ou score de crédito baixo.

Por outro lado, vale ter atenção a algumas coisas ao fazer o empréstimo consignado para quem é assalariado: como as parcelas batem diretamente no contracheque, não é possível adiar o pagamento; não são todos os tipos de assalariados que podem conseguir um consignado; e o empréstimo depende de o quanto de comprometimento com pagamentos mensais a pessoa já tem.

E ah! Como a gente pontuou acima, esse é um empréstimo com desconto em folha, mas a dívida persiste mesmo se você for demitido ou se desligar da empresa. Muita organização financeira é necessária, hein?

Entenda melhor o que é o crédito consignado.

Quem tem empréstimo consignado pode financiar imóvel?

Essa é uma das questões que deixa muita dúvida em gente que fez um empréstimo consignado. E a resposta é sim! Quem tem empréstimo consignado pode financiar um imóvel. Mas desde que tenha uma margem segura para arcar com as parcelas mensais.

Tecnicamente, não existe nenhum impeditivo para fazer um financiamento imobiliário caso você já tenha um empréstimo consignado. O que acontece, no entanto, é que na hora de fazer um financiamento, o banco (ou financeira) faz uma análise de crédito completa com aquilo que você ganha e os pagamentos que consomem sua renda.

Como a gente sabe, a renda bruta mensal que pode ser comprometida com as parcelas ao fazer um financiamento imobiliário é de no máximo 30%. Porém, se você já usa uma parte grande da renda com outros pagamentos (como parcelas de um empréstimo ou do financiamento de um veículo), o banco pode julgar que sobra uma margem muito pequena para também pagar as prestações do novo financiamento – e negar ou condicionar o pedido.

Então, quem tem empréstimo consignado pode financiar imóvel, sim. Mas deve estar atento para garantir ter sempre uma boa folga no orçamento mensal. E, no fim das contas, tem que evitar ao máximo estar com alguma restrição de crédito – o famoso nome sujo.

Financiamento de imóvel é sempre uma opção

O empréstimo, quando você é assalariado, realmente tem condições mais vantajosas. Taxas de juros mais baixas, maior flexibilidade no pagamento, aceitação em diferentes modalidades… então, se você precisa de um crédito extra, pode ser uma opção a se pensar!

Por outro lado, uma possibilidade que pode valer a pena para garantir a organização das suas prioridades pode ser enfim garantir seu imóvel próprio – assegurando o fim do aluguel e o início de um planejamento que vai dar tranquilidade para toda a vida. Assalariado ou não, a forma mais segura, econômica e prática de realizar esse sonho, caso você ainda não tenha o dinheiro à vista, é fazer um financiamento imobiliário

Na hora de financiar um imóvel com as melhores condições possíveis de crédito, conte com a ajuda de uma assessoria de crédito como a do time especializado da Loft. Quando você escolhe um imóvel do nosso catálogo, nossos especialistas procuram e negociam com os principais bancos para te dar acesso às melhores taxas do mercado para seu perfil, além de orientação completa e personalizada – tirando todas suas dúvidas ao longo do caminho.

Além de conseguir mais vantagens, financiar com a Loft significa não se preocupar com o envio de documentação para os bancos e com outras burocracias da operação. Nossa equipe cuida de todos os trâmites necessários, incluindo o envio de documentos ao banco e o preenchimento de formulários, além do registro da operação no cartório de imóveis. E o melhor: todo esse suporte é gratuito.

Conheça o portfólio de apês à venda da Loft e encontre seu novo espaço favorito!

Outros assuntos que podem lhe interessar

Assine nossa Newsletter
Assine nossa newsletter