depreciacao-de-imoveis

Entenda o que é e como calcular depreciação de imóveis

5 MINUTOS DE LEITURA

A idade de um apartamento e o entorno do edifício são alguns dos fatores que podem levar à depreciação de imóveis; fique atento a isso na hora de investir

Na hora de adquirir um novo imóvel, é preciso prestar atenção em questões que vão além dos pré-requisitos comuns, como número de quartos, vaga na garagem, localização e funcionalidade do apartamento. É necessário verificar se o imóvel tem potencial de desvalorização.

Para ajudar você a fazer um grande investimento imobiliário, vamos mostrar, neste artigo, alguns fatores que levam à depreciação de imóveis e como fazer o cálculo da taxa de depreciação. Alguns métodos são mais simples, outros já são mais complicados. Por isso, é sempre importante consultar um especialista em avaliações de imóveis.

Dar um upgrade no imóvel e comprar um apartamento maior, com mais espaços de lazer e mais novo é ótimo, mas também é essencial ter informação para não cair em armadilhas. 

O que é depreciação de imóveis?

A depreciação de qualquer bem ou produto é a desvalorização financeira dele, é a redução do preço daquele imóvel, de um carro ou de um objeto ao longo do tempo. Essa perda de valor pode ocorrer por modificações ocasionadas pela idade do bem, por sua deterioração interna ou do edifício ou por mudanças na região onde ele está, por exemplo.

Vamos imaginar um imóvel no qual você morou por décadas. Se não houver nenhuma manutenção ao longo dos anos (pintura, reforma de algum problema estrutural que tenha surgido), o apartamento vai sofrer com a depreciação. Importante destacar que os imóveis que sofrem mais depreciação são aqueles que demandam mais manutenção ao longo do tempo. 

Veja alguns fatores que levam à desvalorização de imóveis

Você encontrou o apartamento ideal e ele cumpre todas as suas exigências. Ele é maior, tem mais espaço de lazer e parece unir conforto e qualidade de vida. Antes de fechar negócio, no entanto, é preciso ter informações descomplicadas sobre o que causa depreciação de imóvel para ajudar nessa tomada de decisão.

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Mato Grosso (Creci-MT) separou alguns fatores que levam à depreciação de apartamentos e outros imóveis. É neste momento que vemos por que é importante entender sobre este assunto.

– Conservação: se o comprador tiver que fazer grandes obras e reformas no imóvel, o preço da propriedade sofrerá uma queda. Casas que têm grama alta e piscina suja, por exemplo, também podem ter uma desvalorização por parecerem mal cuidadas.

– Garagem: apartamentos ou casas que não têm vagas de garagem certamente têm um valor menor. Isso porque o eventual comprador terá de gastar com o aluguel de uma vaga no condomínio ou fora dele.

– Segurança: bairros com problemas de segurança (alto número de furtos e assaltos) desvalorizam imóveis.

Como calcular a depreciação de imóveis

Existem diversas maneiras de calcular a depreciação de apartamento, a depreciação de edifícios ou a depreciação de terrenos. Neste artigo, vamos ver dois métodos importantes:

1) Linha reta

Este é um método muito usado para calcular a depreciação de imóveis alugados, segundo o jornal O Estado de S.Paulo. A fórmula é a seguinte: Vx = [(N – X)/N] * Pd + Pr. Anote o que significa cada item e depois vamos a um exemplo para entender como usar.

Vx – coeficiente de depreciação do imóvel;

N –  vida útil do imóvel;

X – idade real do imóvel;

Pd – parcela depreciável (em decimal);

Pr – parcela residual (em decimal).

Exemplo: você tem um imóvel com a idade real de 10 anos e vida útil de 60 anos e que custou R$ 500 mil. A parcela residual de uma benfeitoria é de 20% e a parcela depreciável, 80%.

Vx = [(60 – 10)/60] * 0,80 + 0,20

Vx = 0,866

Temos que o coeficiente de depreciação do imóvel é de 0,866. O valor depreciado será de 0,866 * R$ 500 mil, ou seja, valerá R$ 433 mil.

2) Valor decrescente

Este método calcula a depreciação pelo uso, desgaste e pela manutenção normal ocorrida em um imóvel. O coeficiente de depreciação é obtido pela seguinte fórmula Kd = (1 – R)x.

Kd: coeficiente de depreciação

R: razão de depreciação

x: idade aparente da propriedade

Para usar este método, é preciso consultar um especialista em avaliações e perícias. Isso porque a razão da depreciação vai variar conforme o tipo de imóvel (se é um apartamento simples ou uma residência de luxo) e a vida útil dele (em anos).

A Loft pode reformar o apartamento que você quer comprar

Se o apartamento que você quer comprar precisa de reforma, a Loft pode te ajudar. Obras bem feitas sempre valorizam o imóvel. Entenda como funcionam a reforma e a customização de apartamento da Loft, clicando aqui.

A Loft tem um grande portfólio de apartamentos à venda esperando por você nos melhores bairros em algumas das maiores cidades do país. Dê um pulo por lá e já vá preparando a sua mudança!

Outros assuntos que podem lhe interessar

Assine nossa Newsletter
Assine nossa newsletter