Loft Talks: Estratégias comprovadas para vender imóveis de luxo

O que faz um estagiário de corretor de imóveis

estagiario-corretor-imoveis-loft
Tempo de leitura: 3 minutos

Fazer estágio como corretor de imóveis é um dos passos essenciais para quem quer entrar no ramo imobiliário. Mas você sabe quais são as funções e como é a rotina desse estagiário? Saiba aqui.

Se você já pensou em se tornar corretor de imóveis e pesquisou um pouco sobre o assunto, sabe que é preciso percorrer alguns passos para chegar lá. O último deles é a obtenção do Creci, o registro profissional para atuar na área. Antes de tirar o documento, no entanto, é preciso fazer um curso profissionalizante e um estágio obrigatório de corretor de imóveis. 

O estágio em uma imobiliária é a melhor forma de ganhar experiência antes de exercer o ofício para valer. Com ajuda do presidente do Creci e de um consultor do Ibresp, uma das instituições que oferece cursos para corretores em São Paulo, o blog da Loft explica como funciona essa etapa da carreira.

A ENTRADA NOS NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS: COMO SER CORRETOR DE IMÓVEIS

Quem quer ser corretor de imóveis dentro dos parâmetros estabelecidos pela lei brasileira precisa ser registrado no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), braço estadual do órgão que regulamenta a profissão no território nacional.

Para isso, é preciso seguir alguns passos: o primeiro é frequentar um curso formador de corretores de imóveis; o segundo, estagiar em uma imobiliária. Só depois disso é possível pedir o credenciamento definitivo no Creci e, assim, entrar no ramo dos negócios imobiliários

É importante ficar atento às exigências de cada etapa. Em alguns estados, como em São Paulo, é necessário inscrever o estágio no Creci. O site do conselho disponibiliza formulários, que devem ser preenchidos e protocolados, assim como o boleto para o pagamento das taxas exigidas.

CURSO DE CORRETOR DE IMÓVEIS

Existem diferentes modalidades de formação como corretor de imóveis, de cursos técnicos a universitários, com durações que variam de dez meses a quatro anos. Independente do tipo de curso de corretor de imóveis escolhido, a intenção é preparar o profissional para atuar nos negócios imobiliários — daí a importância do estágio. 

O estágio de corretor de imóveis faz parte do currículo dos cursos profissionalizantes na área. Segundo Vagner Lopes Castro, consultor do Ibresp, instituição que oferece a formação de Técnico em Transação Imobiliária, a carga horária de estágio exigida pelo curso de corretor de imóveis varia de 130 a 200 horas. 

O QUE FAZ UM ESTAGIÁRIO DE CORRETOR DE IMÓVEIS?

A resposta é: tudo e nada. Como a intenção do estágio de corretor de imóveis é aprender e ganhar experiência na área, o estagiário deve observar todas as atividades de um corretor pleno. Ele não pode, porém, ser responsável civil e legal por nenhuma espécie de transação imobiliária, nem assinar contratos. 

Neste vídeo disponibilizado para o Youtube para o Canal TV Creci são pontuados direitos e responsabilidades dos profissionais do mercado imobiliário em referência aos estágios. O Vídeo é de 2015 porém pouca coisa mudou de lá pra cá e vale a pena conferir:

Palestra TV Creci – Corretor e Estatiário: Direitos e Deveres

Então, o que faz um estagiário de corretor de imóveis? “Ele acompanha”, responde Vagner. “O estagiário não pode desempenhar nenhuma função sozinho. Por estar em processo de aprendizado, esse é o momento de ele acompanhar o dia a dia da imobiliária com o respaldo de um corretor responsável”, diz o consultor. 

Isso significa que durante o estágio de corretor o aprendiz até pode visitar imóveis e apresentá-los a clientes ou redigir propostas, mas sempre sob a supervisão de um profissional experiente. O estagiário de corretor de imóveis não deve atender clientes sozinho, nem assinar documentos ou fechar negócios. “Caso isso aconteça, tanto ele quanto o corretor responsável podem ser punidos legalmente”, alerta Vagner.

A ROTINA IMOBILIÁRIA

A maior recomendação para o estagiário de corretor de imóveis é acompanhar de perto a rotina imobiliária para entender melhor a natureza dos negócios e ganhar experiência durante esse período. “A realização da atividade de estágio é um complemento educacional”, explica José Augusto Viana Neto, presidente do Creci em São Paulo.

 Assim, as atividades que o estagiário deve observar em seu dia a dia incluem a prospecção, a visitação e o cadastro de imóveis, idas ao cartório e o acompanhamento da elaboração de contratos e documentos. “Em suma, toda o cotidiano operacional de uma imobiliária”, resume Vagner. Quanto mais ampla a visão geral do estagiário sobre a rotina imobiliária, mais ele se prepara e ganha experiência para atuar nesse mercado.

Você que tem interesse na profissão de corretor, ou está se formando para trabalhar na área, entenda a nossa política, o que fazemos e entenda porque a Loft, junto dos corretores de imóveis, vai revolucionar o mercado imobiliário.