Saiba como evitar cair em uma fraude imobiliária

evitar-fraude-imobiliaria
Tempo de leitura: 3 minutos

Solicitar documentos originais e estar atento a cada detalhe do processo de compra e venda de imóveis são duas dicas importantes para não ser alvo de golpes

Negociar um imóvel é um passo muito importante tanto para compradores quanto para vendedores. Por isso, é fundamental que os dois lados fiquem atentos a cada etapa do processo para evitar uma possível fraude imobiliária. 

Para quem busca independência no mercado imobiliário, é essencial investir com segurança na hora de construir o patrimônio. Neste artigo, vamos dar dicas de como evitar golpes, como identificar um documento de imóvel falso e outros tópicos.

Listamos também quais são as fraudes mais comuns no processo de negociação de um apartamento ou de uma casa e como você pode obter ajuda nas etapas de compra e venda de imóvel. Afinal, adquirir uma propriedade é um símbolo de mudança de patamar de vida – melhor fazer com segurança.

Fraude imobiliária: como evitar golpes na compra de um imóvel

Vamos ao checklist de como evitar golpes na compra de um imóvel. A primeira dica contra fraudes imobiliárias que podemos dar é que você não cumpra etapas do processo de compra e venda de um imóvel sozinho. Ou seja, o ideal é ter trilhar este caminho com ajuda dupla: a de um corretor de imóveis e a de um time jurídico.

Isso porque todo o passo a passo é repleto de documentações. Você vai precisar solicitar a carteira de identidade, o CPF e a certidão de estado civil, além de certidões negativas de ações na Justiça Federal (retiradas no site do Conselho Nacional de Justiça), por exemplo. A relação completa está neste link.

Não basta apenas, no entanto, pedir os documentos aos vendedores. É necessário atestar que todos eles são verdadeiros, algo que pode ser complicado de fazer por conta própria.

Como saber se não estou caindo em fraude imobiliária

Atenção aos detalhes. Este passo é fundamental para responder à pergunta “como saber se não estou caindo em fraude imobiliária”.

Em entrevista à TV Creci, o especialista em segurança Jorge Lordello recomenda pedir todos os documentos originais do vendedor: RG, CPF, título de eleitor e Carteira de Habilitação. “Normalmente, o estelionatário falsifica um documento. Ele não consegue falsificar todos os outros documentos”, afirma.

Lordello sugere ainda ficar atento aos detalhes. Veja se a idade que consta do RG bate com a que o vendedor aparenta ter. Atente-se também à foto da carteira de identidade e da habilitação. Ela está colada no documento? Já não se produz mais RGs assim há muitos anos. Fique atento!

E como proceder em caso de estelionato de imóveis? Caso você tenha sido vítima de uma tentativa de estelionato, é preciso procurar a polícia para fazer uma denúncia e seguir trâmites judiciais.

Como identificar um documento de imóvel falso

Na maioria dos procedimentos, os vendedores apresentam cópias da documentação. Isso é normal, mas impede que você identifique a veracidade da papelada. Como identificar um documento de imóvel falso, então? O recomendado é sempre solicitar os originais antes de assinar qualquer acordo.

Caso o vendedor não queira mostrar a matrícula do imóvel, pergunte, por exemplo, em que cartório ele está registrado. Vá até lá e adquira uma versão original. A matrícula do imóvel é um raio-x dele. Lá constam todos os detalhes, como um número próprio e os registros de todas as mudanças feitas, inclusive de titularidade.

Ir ao cartório vai permitir que você veja se houve falsificação de escritura de imóvel. É só comparar o que o vendedor lhe disponibilizou com o original que você adquiriu. Saiba também que é possível a dissolução da compra de imóvel por falta de documentos.

Caso você esteja acompanhado de um time jurídico, os advogados vão fazer todo este trabalho por você. Na Loft, temos um time jurídico a postos para conduzir os processos de compra e venda, que passam por tripla fiscalização e trazem mais segurança. Entenda clicando aqui.

E muito cuidado com possíveis golpes de venda de terrenos. Nos casos em que o imóvel está irregular, ou seja, em que não está registrado em nome do vendedor no cartório de imóveis, você não está comprando a propriedade do imóvel, e sim a posse.

Como a Loft garante a segurança no processo de compra e venda?

O Compra e Venda Segura, um serviço gratuito da Loft, oferece segurança para compradores, vendedores e corretores de imóveis que transacionarem em sua plataforma. Funciona assim: o dinheiro do comprador (sinal e entrada) só cai na conta do vendedor após análise detalhada da documentação por parte da assessoria imobiliária da Loft, o que permite que o comprador tome a decisão de seguir em frente bem informado.

Para o vendedor, essa parte burocrática de verificações acontece sem custos adicionais e rapidamente, evitando desgastes e dores de cabeça. O resultado é um processo de compra e venda rápido e sem surpresas.

Gostou do conteúdo? Acompanhe as novidades do mercado imobiliário no blog e conheça nossos apartamentos à venda em São Paulo e no Rio de Janeiro!