Conheça 4 problemas na hora do financiamento e como evitá-los

problemas com financiamento
Tempo de leitura: 5 minutos

Aprender com a experiências dos outros é um jeito de evitar surpresas desagradáveis. Veja como evitar problemas com financiamento com esses casos do Reclame Aqui e entenda o que deu errado em cada um.

Neste artigo, veremos alguns problemas recorrentes de quem busca financiamento: 

  • Problema #1 Demora na aprovação do financiamento
  • Problema #2 Contratos mal feitos
  • Problema #3 Fracasso na comunicação
  • Problema #4 Desconhecimento do contrato e aumento do valor da parcela
  • Como a Loft pode te ajudar

Em 2020, raramente tomamos decisões impactantes de consumo e investimento sem antes checar informações online – se a empresa é realmente confiável, como foram as experiências de outros compradores, etc.

Portais como o Reclame Aqui, onde consumidores divulgam publicamente o que deu errado em suas interações e transações com empresas, fazem parte desse movimento que traz mais transparência e proteção ao consumidor. Também são bons movimentos para o aprendizado pré negociação. 

Pensando nisso, o blog da Loft selecionou alguns casos que envolvem financiamento imobiliário e os principais bancos (e suas terceirizadas) do país para ajudá-lo a aprender com a experiência alheia. Ao manter-se atento e bem informado, fica muito mais fácil tomar a decisão certa.

Conheça a assessoria de financiamento imobiliário da Loft!

Problema #1: Demora na aprovação do financiamento

Quando você encontra o imóvel dos sonhos, é uma alegria. Se seu meio de pagamento não está encaminhado, logo vem a ansiedade: é preciso resolver rápido esse ponto para não perder a oportunidade especial.

Em um caso de novembro de 2019, um processo que deveria ter levado 40 dias levou três meses – até atingir seu vencimento e precisar ser reiniciado. 

Há muitas variáveis que podem tornar a análise de um financiamento imobiliário mais rápida ou mais lenta, como: 

  • Qualidade do atendimento
  • Comunicação entre as partes envolvidas
  • Conhecimento do processo por parte dos intermediários 
  • Obtenção dos documentos necessários

Nesse caso, entre os empecilhos, o cliente cita três dessas possibilidades: má comunicação, equipe mal preparada para responder as dúvidas e dificuldades ao lidar com a empresa terceirizada (os grandes bancos costumam terceirizar seu processo de avaliação e contratação de financiamentos).

Pesquisar a experiência de clientes passados e conversar com conhecidos que já passaram por esse momento pode ajudá-lo a encontrar quem oferece o melhor serviço.

Lembre-se: só porque um banco presta um bom serviço em uma modalidade, como investimentos, isso não significa que é a melhor opção para o financiamento imobiliário. 

Afinal, como apontado acima, você provavelmente não vai lidar com seu gerente de dia a dia nessa hora, e sim com pessoas de outra empresa com quem você não tem uma relação.

Problema #2: Contratos mal feitos

Se você tem um bom relacionamento com seu banco, é natural que o cogite na hora de escolher um financiamento imobiliário. É importante, no entanto, sempre comparar o Custo Efetivo Total (C.E.T.) entre diversas alternativas: não é garantido que seu banco ofereça a melhor opção de financiamento para você.

Um caso de junho de 2018 comprova esse ponto. Apesar de ter pesquisado taxas mais baixas em outras instituições, o cliente foi convencido a fechar com o próprio banco em troca de atendimento mais ágil e personalizado. 

É frequente, no entanto, que grandes bancos terceirizem seus serviços de análise e processamento de financiamento imobiliário: o cliente não vai lidar com as pessoas com que geralmente lida para outros temas.

Foi o que aconteceu: após dois meses e uma série de desencontros e informações repetidas, o cliente se viu pagando um financiamento imobiliário mesmo sem ter o contrato correto fechado.

Entre diversas idas e vindas para consertar erros nas cláusulas, sentiu-se desamparado pelo banco e ignorado pela empresa terceirizada, perdido no limbo entre as duas. 

Além disso, os problemas acarretados para a proprietária fizeram-a começar a cogitar desistir do negócio – apesar do cliente já ter desembolsado dezenas de milhares de reais com o pagamento de entrada, taxas e tributos.

A lição na prática? É preciso ser imparcial na comparação das taxas de financiamento e não fazer escolhas baseado (apenas) em um possível tratamento personalizado.

Problema #3: Fracasso Na comunicação

Em outro caso de 2018, no interior do Mato Grosso, a simples retificação de um valor para um outro menor em um financiamento já aprovado pelo banco via carta de crédito virou um labirinto de informações com funcionários pouco preparados.

Com o e-mail de aprovação em mãos – comprovante de que a parte inicial do processo tinha sido bem sucedida –, o cliente foi em frente e iniciou a aquisição do imóvel. Tempos depois, outro e-mail informou que a documentação estava em ordem mas o valor teria que ser revisto (para menos!): ao invés de 80% do preço, cobriria apenas 50%. 

A justificativa oferecida foi geográfica: a política do banco era aquela para imóveis no Mato Grosso. O que não era suficiente, claro, para explicar porquê o valor tinha sido aprovado antes. Afinal, a localização estava explícita desde o começo.

Apesar de pedir, o cliente nunca pode acessar essa política para comprová-la e não conseguiu acessar nenhum funcionário capaz de reavaliar a questão. Segundo seu relato, foi inclusive lhe dito que essa pessoa nem existia, em uma interação confusa e despreparada. 

De repente, o cliente se viu prestes a começar a pagar a casa, sem acesso ao financiamento que lhe tinha sido oferecido via carta de crédito e sem acesso também às pessoas e vias de contestação do banco.

A comunicação clara e transparente e o domínio do processo pelas partes envolvidas são essenciais para que o financiamento imobiliário seja bem sucedido. De forma geral, sempre pesquise e procure por quem já ofereceu boas experiências aos outros.

Esses pontos são fundamentais para a assessoria de financiamento imobiliário da Loft. Saiba mais sobre esse serviço nesse blog post!

Problema #4: Desconhecimento do contrato e aumento do valor da parcela

Todo contrato jurídico deve ser muito bem analisado antes de assinado – especialmente quando envolve dinheiro.

Em um caso de abril de 2019, um cliente viu as parcelas de seu financiamento aumentarem de valor. Apesar de ser possível que elas sejam ajustadas para cima ao serem corrigidas pela inflação, por exemplo, é incomum que subam muito e repentinamente. 

No primeiro contato do cliente com o banco, foi-lhe explicado que o aumento tinha a ver com o cancelamento de um título de capitalização e que o desconto só seria possível com a aquisição de novos pacotes (ou seja, gastar para obter o desconto novamente).

Para sua desagradável surpresa, ao verificar os próximos passos online, ele percebeu que as parcelas seguintes a essa aumentariam ainda mais. 

Resolveu ir em pessoa à agência e conversar com sua gerente, que não soube explicar a causa do aumento. Soube, no entanto, dizer que seria necessário seguir três etapas para conseguir a “taxa de juros bonificada” novamente: 

  • Utilizar o débito automático 
  • Utilizar o cartão de crédito mensalmente
  • Adquirir um pacote (como renovação do título ou do seguro imobiliário)

O cliente logo perguntou se se tratava de uma venda casada. Era justamente o caso: para obter o financiamento e a taxa de juros bonificada, aqueles passos teriam que ser seguidos.

Esses detalhes certamente estavam entre as condições do contrato do financiamento imobiliário. Não se esqueça de lê-lo (praticamente) com uma lupa!

Como a Loft pode ajudar: conheça a assessoria de financiamento imobiliário

A Loft surgiu para reinventar o mercado imobiliário e aborda cada etapa do processo de compra e venda do ponto de vista do cliente, para identificar quais são as maiores dores de cabeça e como resolvê-las.

Naturalmente, isso esbarra na obtenção de crédito imobiliário. Por isso, a Loft criou uma assessoria de financiamento imobiliário gratuita para o público, onde: 

  • Centraliza a negociação com os principais bancos 
  • Investe em um time de especialistas em mercado imobiliário, finanças e atendimento 
  • Oferece uma experiência mais rápida e menos burocrática

O cliente (que não precisa estar adquirindo um imóvel da Loft) envia os documentos apenas uma vez. A Loft se encarrega de enviá-los para as diferentes instituições em busca da melhor taxa do mercado para aquele cliente e, quando a encontra, lhe encaminha uma carta de crédito.

Caso ela seja aceita pelo cliente, a Loft entra em jogo novamente para ajudá-lo a fechar o negócio nas próximas etapas – incluindo uso do saldo do FGTS, vistoria do imóvel e contratação de seguros.

Com os serviços da Loft, é possível: 

  • Financiar até 90% do valor do imóvel 
  • Conseguir as melhores taxas do mercado
  • Obter sua carta de crédito em até 15 dias 
  • Lidar com apenas um ponto de contato
  • Tirar dúvidas com especialistas

Saiba mais sobre a assessoria de financiamento imobiliário da Loft!