Guia: 5 razões para contar com um corretor de imóveis em uma negociação de compra e venda

confie-em-um-corretor-de-imoveis
Tempo de leitura: 3 minutos

Negociar uma propriedade é uma tarefa com diversas etapas; baixe nosso guia gratuito e veja como o corretor de imóveis é fundamental para evitar dor de cabeça durante a transação

Comprar ou vender um imóvel é um processo que consiste em diferentes etapas. Para facilitar as transações e não se perder pelo caminho, é essencial ter ao seu lado um corretor de imóveis. Preparamos um guia mostrando 5 razões pelas quais você deve contar com um profissional na hora de negociar um imóvel.

O primeiro passo é entender o que faz um corretor. As funções destes profissionais vão muito além de captações e visitas a imóveis. O corretor competente acompanha o processo de compra e venda inteiro, intermediando o contato entre as partes e tirando todas as dúvidas que possam surgir – por exemplo, sobre certidões e impostos.

Negociar um imóvel por conta própria é uma tarefa trabalhosa e que pode dar muita dor de cabeça. Problemas muito comuns enfrentados por compradores e vendedores que se arriscam sozinhos nesta caminhada são: não saber qual documentação da propriedade é necessária, a falsificação de certidões e registros e ter certeza da idoneidade da outra parte.

guia-contar-com-corretor
Baixe o guia gratuito!

Ao baixar este conteúdo, você vai entender que o apoio de um corretor é importante desde o momento em que você precisa decidir a que preço vai vender o imóvel. É ele quem vai nos ajudar a avaliar o valor da propriedade de forma mais precisa. O corretor vai consultar, por exemplo, a situação da região onde está o imóvel, a variação de preço nos anos anteriores e analisar o estado em que o bem se encontra.

Elaborar o preço do imóvel é uma tarefa séria e não uma questão de opinião. Para chegar ao valor certo e elaborar um parecer técnico, o corretor precisa ter um título de avaliador imobiliário. O certificado é obtido por meio de cursos do Conselho Federal de Corretores de

Imóveis (Cofeci). A entidade mantém em seu site uma lista com os nomes dos profissionais que conquistaram o diploma para consulta pública.

Após decidir a qual preço o imóvel será vendido, é preciso encontrar um comprador. Quem é a outra parte? Posso confiar nela? Será que os documentos que ela me entregou são autênticos? O bom corretor traz segurança à transação, pois ele tem conhecimento jurídico e sabe quais são os procedimentos legais que envolvem a compra e venda.

Uma das características do corretor experiente é a boa capacidade de negociação. Ele é conciliador e tem calma para que todas as partes saiam satisfeitas da transação. Outro papel do corretor é fazer uma triagem para quem quer adquirir um imóvel. Um profissional dedicado sabe quais são as propriedades que mais interessam aos clientes e economiza o tempo deles. Ou seja, não vai levar os clientes para visitar imóveis que são em regiões ou têm tamanho que não lhes interessam.

guia-contar-corretor-economia
Economia de tempo é uma das motivações para contar com um corretor de imóveis na negociação

Mas não é só de boas características que se faz um profissional competente. É preciso estudo e certificação. A profissão é regulamentada pela Lei Federal n° 6.530/78 e só pode ser exercida por quem conclua um curso de Técnico em Transações Imobiliárias ou por quem tem diploma universitário em Ciências Imobiliárias ou Gestão de Negócios Imobiliários.Depois de terminada a graduação ou o curso técnico, os profissionais têm de dar entrada no registro junto ao Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) do seu Estado.

Entenda mais sobre o trabalho do corretor de imóveis e descubra razões para contar com um corretor ao negociar um imóvel no nosso guia!