matricula-de-imovel

Tudo que você precisa saber sobre matrícula de imóvel

5 MINUTOS DE LEITURA

Ainda tem dúvidas sobre uma matrícula de imóvel? Entenda o que é, como funciona e para que serve!

A matrícula de imóvel é fundamental para uma transação imobiliária. Faz parte do processo de compra e venda do começo (para checar se aquele bem tem algum vínculo ou risco) ao fim (para garantir a transferência da propriedade). Esse post serve para tirar suas dúvidas de uma vez por todas!

O que é a matrícula de imóvel? 

Às vezes, a matrícula de imóvel é explicada como “RG” ou “certidão de nascimento” do imóvel (tanto que seu nome completo é certidão de matrícula do imóvel). Ela surge quando aquele bem imobiliário é regularizado no Cartório de Registro de Imóveis, algo exigido por lei aqui no Brasil. 

É ali que vão estar suas características e seu histórico de existência, como: 

  • Localização completa
  • Tamanho e dimensões
  • Dados do(s) proprietário(s)
  • Histórico de compra e venda
  • Ações judiciais
  • Financiamentos imobiliários 
  • Outras averbações variadas

Cada matrícula de imóvel tem um número de matrícula, que o individualiza para o mundo. E o Cartório de Registro de Imóveis não pode ser qualquer um: ele é diretamente vinculado ao CEP daquela propriedade, garantindo mais transparência e organização ao processo.

Para que serve a matrícula de imóvel? 

Sendo este um documento público, a certidão de matrícula do imóvel garante a legitimidade daquela propriedade, evita fraudes e disponibiliza de forma transparente o histórico de transações envolvidas. Isso é muito importante para garantir deveres e direitos de compradores e vendedores.

Onde fica o número da matrícula de um imóvel?

O jeito mais fácil de achar o número de matrícula do imóvel é lendo a própria certidão de matrícula: ele estará ali, bem fácil, no cabeçalho, como na imagem abaixo. 

Exemplo de número de matrícula de imóvel

Estou sem a certidão de matrícula. E agora?

Felizmente, não é o fim da linha. Agora você precisa buscar uma nova cópia direto com o Cartório de Registro de Imóveis responsável por aquele CEP. Com o endereço completo do imóvel em mãos, é só ir até lá e pedi-la. (Se você não souber qual é o cartório certo, é só informar o CEP em qualquer outro e vão achá-lo para você.)

Outra alternativa é usar o título aquisitivo do imóvel, um documento que os proprietários recebem e que também tem o número de matrícula registrado.

O comprador também pode pedir o número de matrícula do imóvel?

Sim! É uma informação pública, então é só seguir o mesmo caminho anterior: ir até o cartório correto com o endereço completo e pedir uma cópia da certidão. 

Por que informar o número da matrícula agiliza a venda na Loft?

Quando um proprietário cadastra seu apartamento com a Loft, um dos passos é informar o número da matrícula do imóvel na aba “Documentação” do Painel de Venda (saiba tudo sobre ele neste post). Essa informação pode ser preenchida depois, mas o ideal é fazê-la assim que possível: quanto mais rápido o time jurídico da Loft puder trabalhar, mais rápida será a venda.

Quando nós temos esse número, conseguimos buscar a matrícula atualizada de imóvel direto com o cartório. Ela vai conter as informações que precisamos para confirmar o cadastro (como dimensões do imóvel), assim como eventuais pendências relacionadas (se tiver um financiamento imobiliário pendente, por exemplo, ou uma hipoteca). 

A análise também permite confirmar a legitimidade da propriedade do vendedor, já que ali estão os dados pessoais do proprietário e também seu estado civil (e eventual regime de bens, caso tenha cônjuge). 

Vale destacar que essa verificação é feita gratuitamente pela Loft e o time jurídico fica à disposição para ajudar os vendedores a resolverem as questões, caso elas surjam. 

Ter essas informações rapidinho é bom para todo mundo: a Loft se certifica de que aquele negócio é seguro, o vendedor tem clareza sobre a situação e o comprador pode seguir em frente sem medo de surpresas desagradáveis.  

Quais pendências podem surgir com a análise de matrícula?

A matrícula de imóvel permite encontrar principalmente informações sobre o proprietário e indicações de ônus que estejam vinculados àquele imóvel, como um financiamento imobiliário ativo ou um bloqueio judicial

Como a análise de matrícula de imóvel (gratuita!) da Loft traz mais segurança para vendedores e compradores

Comprar e vender um apartamento é algo que precisa ser feito com cuidado e bastante atenção para que a experiência flua bem e resulte em um negócio bom e seguro para todas as partes.

Com essa análise de matrícula de imóvel que a gente faz na Loft (que faz parte de um processo chamado due diligence, caso você queira saber mais), a transação ganha muito mais transparência e confiança. Todo mundo sai ganhando – e sem custo extra!

Quer saber mais sobre vender apartamento com a Loft? Clique aqui!

Outros assuntos que podem lhe interessar

Assine nossa Newsletter
Assine nossa newsletter