O nascimento do primeiro filho. O que será necessário mudar em casa?

cropped-primeiro-filho-bebe-loft.jpg
Tempo de leitura: 6 minutos

Planejamento é a chave para curtir a nova fase da vida ao máximo e dar o máximo de conforto para quem amamos. Veja nosso checklist e prepare-se para receber o novo membro da família como se deve. 

Quando a família aumenta, qualquer centímetro a mais ou a menos faz diferença em um apartamento. São mais roupas para guardar, mais comida na despensa e mais objetos espalhados pelos ambientes.

O primeiro filho costuma ser um divisor de águas na vida dos pais – e não é só em relação às noites mal dormidas ou à preocupação constante, mas tem a ver também com moradia. É comum ouvir histórias de amigos que se mudaram para um apartamento maior depois que se tornaram pais pela primeira vez.

1. SAIBA COMO ORGANIZAR SUA VIDA FINANCEIRA

Vamos lá: ninguém nunca vai estar 100% preparado para ser responsável integralmente por outro ser humano. Mas há alguns passos que você pode seguir para deixar a tarefa mais fácil.

Antes de tudo, procure entender se o momento de ter o primeiro filho está chegando e tente estabelecer um período estimativo – se será daqui a um, dois ou cinco anos. Depois, é hora de aprender a como organizar sua vida financeira.

primeiro filho-preparativos-loft
Procure organizar sua vida financeira em detalhes para curtir todas as fases do crescimento do seu primeiro filho

2. Atente-se ao máximo com sua Saúde e a da gravidez

Na gestação do primeiro filho, é comum que os pais se sintam bastante inseguros em relação a médicos e hospitais. Por isso, é importante verificar os tipos de atendimento que seu plano de saúde cobre e se preparar para eventuais despesas, como a obstetra perfeita que só atende em consulta particular. Vale a pena investir um pouco mais do orçamento para fazer o pré-natal com a médica de confiança.

Há ainda os cuidados com o bem-estar que não envolvem planos de saúde. Um deles é deixar o sono em dia, e este talvez seja o conselho mais difundido no universo da maternidade e da paternidade. Pode ficar tranquilo, seu bebê será como todos os outros: vai acordar durante a noite para mamar ou porque está com algum incômodo (como dentes nascendo). E você vai ficar feliz de ter seguido esta dica.

Enxoval e quarto de bebê

Faça um orçamento do que vai precisar para o enxoval e inclusive possíveis reformas, mudanças de apartamento e decoração do quarto de bebê. Para o enxoval, além de roupas e produtos de higiene, estão os acessórios (como babá eletrônica e banheira) e os móveis e objetos utilitários (cadeira para o carro, carrinho de passeio e berço). 

Para organizar a vida financeira e dar conta dessas primeiras despesas, alguns casais começam eliminando os jantares fora de casa e as idas ao shopping. Nesta fase da vida, só vale adquirir o for realmente necessário, como itens de enxoval do bebê (e nada de comprar roupas demais) e peças que a mãe vai usar durante a gravidez e a amamentação.

primeiro-filho-quarto-do-bebe-loft
O quarto de bebê deve ser um ambiente colorido e lúdico, para estimular o aprendizado da criança

4. Já é bom ir olhando para Creches e escolinhas

Estima-se que a família precise dedicar entre 20% e 30% do orçamento para as despesas do primeiro filho, diz o InfoMoney. Portanto, é importante avaliar de onde você pode cortar gastos e como melhorar os rendimentos para se preparar para o fim da licença-maternidade.

As creches e escolinhas aparecem como uma alternativa quando não é possível ou desejado contratar uma babá ou deixar o bebê com um parente. Enquanto os pais trabalham, o bebê pode ser estimulado a aprender em ambientes lúdicos e com acompanhamento pedagógico direcionado para cada fase da vida. 

É importante conhecer as instalações e a equipe de cuidadores, assim como verificar o que é servido às crianças nas refeições e o controle higiênico. Pergunte também sobre a hora da soneca e como são as atividades pedagógicas – deixar o bebê sentado sozinho e sem estímulo não favorece seu desenvolvimento.

5. Poupança para o primeiro filho

É importante também pensar no futuro do seu primeiro filho – e dos que vierem depois. Abrir uma conta poupança, fazer um investimento em nome da criança ou contratar um seguro de vida para os pais são boas estratégias para garantir os estudos, o intercâmbio para o exterior ou o primeiro carro. 

Se decidir pela conta no banco, estabeleça uma quantia mensal para o depósito. Em 15 ou 20 anos, seus 200 reais mensais se tornam um bom montante para que seu primeiro filho comece a própria vida.

Babá eletrônica, cadeira de amamentação e sling são alguns itens úteis nos primeiros meses de vida do primeiro filho]

6. Existe espaço suficiente? APARTAMENTO GRANDE x APARTAMENTO PEQUENO

A pedagoga Laura Loureiro, de 33 anos, e o economista Arthur Coutinho, 33 anos, engravidaram sem se planejar. Na época, eles moravam em um apartamento menor, de dois quartos, sendo que um deles funcionava como um depósito. 

“Quando a Olívia chegou, eu tive que reformar, colocar papel de parede e pintar os móveis que tinha lá. Ficou muito fofo, mas mesmo assim ainda era um quarto improvisado de bebê, porque a gente ainda tinha muita coisa que não era dela naquele quarto. Por exemplo, o armário do Arthur ainda era lá, junto com as coisas dela”, conta Laura.

primeiro filho-espaco-loft
Em um apartamento com crianças, qualquer centímetro de área faz diferença para o bem-estar da família

A surpresa de ter o primeiro filho logo abriu espaço para novas necessidades, como morar em um apartamento maior. A bagunça na casa cresceu seguindo o crescimento da criança, até chegar ao ponto de os brinquedos não caberem no quarto de bebê improvisado e ficarem espalhados pela sala de estar. 

“Ela estava com pouco mais de um ano e começou a ficar uma loucura na sala, porque tinha muito brinquedo o tempo inteiro. O tapete dela ficava na sala, era tudo na sala. Até que eu falei: ‘vamos ter que mudar para um apartamento de três quartos, porque não está dando’. E a gente mudou”, completa a mãe.

7. Organização da casa

Quando ainda estavam no apartamento pequeno, Laura ficava muito nervosa com a organização da casa. No apartamento grande, de três quartos, a família voltou a ter um escritório, que também serve como depósito.  

A pequena Olívia, de 3 anos, ganhou um quarto todo seu. O novo apartamento também conta com muitos armários, essenciais para a organização da casa.

Leia mais: Marie Kondo – O Fenômeno da organização da casa

primeiro filho-brinquedos-loft
Caixas plásticas são aliadas na organização da casa, já que servem para ensinar a criança a guardar os próprios brinquedos

8. O Quarto de bebê

A decoração do quarto de bebê foi novamente feita pela mãe, com os móveis trazidos do antigo apartamento. Além das caixas coloridas para guardar os brinquedos – que funcionam também como um ponto de decoração – Laura recomenda colocar muitos quadrinhos nas paredes. Soluções simples e baratas, mas que dão um ótimo resultado para garantir a atmosfera lúdica de um quarto de bebê.

9. As VaNtagens de um Condomínio com área comum

Antes da mudança, Laura e Arthur passaram alguns meses buscando o imóvel ideal. Eles procuravam um apartamento grande no mesmo bairro do apartamento pequeno em que moravam. Mas o prédio precisava ter uma área comum. “Era indispensável que tivesse uma área de lazer, nem que fosse apenas um parquinho. No prédio antigo, não tinha nada”, conta Laura.

primeiro filho-cachorro-apartamento-loft
Cachorro em apartamento precisa de espaço para brincar e correr, e essa pode ser uma razão para mudar para um apartamento grande

Muitas famílias sentem a necessidade de se mudar para um condomínio com área comum, onde os filhos possam brincar em segurança e interagir com outras crianças de apartamentos vizinhos. Além de áreas de lazer, também há prédios com espaços pet, destinados a quem tem cachorro em apartamento.

Se procura um apartamento grande para acomodar melhor todos os integrantes da família, o portfólio da Loft oferece imóveis de 25m² a 287m² em bairros nobres de São Paulo. Os apartamentos de alto padrão são entregues reformados e com infraestrutura 100% refeita, além de serem equipados com armários planejados produzidos pela Bontempo. Conheça todas as opções e agende sua visita!

Comments (1)

[…] Diz-se que poucas coisas se igualam à felicidade de descobrir que um bebê está à caminho. Os pais, sejam gestantes ou adotivos, passam pelo difícil – mas prazeroso – processo de adaptar a rotina e a casa para a chegada de um filho.  […]

Comments are closed.