Os desafios da vida de recém-casados em uma casa nova

recem-casados-loft
Tempo de leitura: 6 minutos

Como diz o ditado, “quem casa, quer casa”. Saiba como organizar a rotina no novo lar para viver o momento de recém-casados com tranquilidade

O casamento marca o início de uma nova fase na vida. Não se poderia esperar menos do que isso, afinal, a partir de agora você vai passar a dividir todos os acontecimentos – grandes ou pequenos, bons e ruins – com alguém.

Depois da festa ou celebração da união, a escolha da casa é a parte que mais exige comprometimento e cumplicidade dos recém-casados. Isso porque é importante observar muitos fatores antes de se decidir por um determinado imóvel e encontrar um “denominador comum” entre as duas pessoas envolvidas.

Por exemplo: você pode ver o anúncio de um apartamento de dois quartos a um preço imbatível, quase ao lado do seu trabalho. Mas seu parceiro ou parceira trabalha do outro lado da cidade. É provável, então, que você precise ser mais flexível e comece a procurar imóveis no meio do caminho para ambos.

Parece uma tarefa simples, certo? Mas as pequenas coisas são as mais difíceis de acertar e afinar. Encontrar o equilíbrio e os pontos de sintonia do casal podem ser determinantes para conquistar uma rotina tranquila.

Vida de casado: expectativa X realidade

Há uma queixa comum aos recém-casados. É o que se pode chamar de “você não era assim quando a gente namorava”. A verdade é que as pessoas mudam quando as situações mudam, e passar a morar com o marido ou a esposa é uma grande mudança, tanto para quem morava sozinho até então, quanto para quem residia com os pais ou com amigos.

A designer Lorena Baroni Bósio se casou há menos de um ano com o também designer Lucas Tora. Os preparativos para a festa deram trabalho, mas encantaram tanto a noiva que ela criou um blog sobre casamento, o 500 Dias Pra Casar. Hoje, o esforço não é mais sobre a comemoração, mas sim sobre manter a relação o mais longe possível dos percalços da vida de casado.

recem-casados-500-dias-pra-casar-loft
Casados há menos de um ano, os designers Lorena e Lucas conseguiram estabelecer um equilíbrio na convivência a dois

“O que a gente sempre fala é que a nossa relação mudou muito morando juntos. E, quando casamos, senti que oficializou o sentimento de ‘equipe’ entre nós. Agora pensamos tudo em conjunto, sempre levando em consideração como uma decisão vai afetar o outro”, diz Lorena.

O casal fez o chamado “test drive”, que nada mais é do que ir morar junto antes de oficializar a união em cartório. A decisão ajuda a desmistificar a vida de casado e coloca as duas pessoas em contato com as manias e com a forma de se relacionar com a casa que cada um tem. Assim, não há surpresas depois e as arestas da convivência podem ser eliminadas no dia a dia.

Morar junto – dividindo responsabilidades

O apartamento de Lorena e Lucas fica no bairro do Morumbi, na zona sul de São Paulo. Comprado na planta pela família dela, ainda precisou passar por uma grande reforma para que eles pudessem se mudar.

A planta inclui dois quartos, sala para dois ambientes e varanda gourmet – espaço hoje dedicado ao Leopoldo, o companheiro de quatro patas da família. O tamanho é ideal para um casal. Mas nenhum dos dois tinha experiência prévia como “donos de casa”, então restou a dúvida: morar junto, o que comprar?

Como o imóvel chegou às mãos deles já com armários e acabamentos, era hora de escolher móveis, eletrodomésticos e a decoração. “Lembro que me marcou muito o Lucas comprar a nossa máquina de lavar roupas. Para mim, foi o que deu aquela sensação de ‘this is really happening’. Com o tempo, fomos adicionando outros elementos que tinham a nossa cara, como um sofá com chaise. Também pintamos as paredes com a ajuda dos meus sogros! Foi uma delícia”, conta a designer.

recem-casados-decoracao-a-dois-loft
Tente incluir itens que ambos gostem na decoração de ambientes, assim todo mundo se sentirá em casa

Decoração de ambientes: como organizar a casa

Não importa o número de moradores de um apartamento, é sempre importante que cada um se sinta representado no lar. Seja na escolha de um objeto decorativo, seja na pintura de uma parede com a cor favorita, dá para imprimir os gostos de todos na decoração de ambientes.

“Claro que uma casa precisa de itens básicos para funcionar, mas eu amo os detalhes. O Lucas conseguiu adicionar alguns toques dele no que já tinha sido escolhido por mim. Opinou na cor da parede do nosso quarto (cinza claro), escolheu o nosso sofá. Na gallery wall da sala, ele quis incluir uma fotografia de um leão, seu animal preferido, e na estante de livros, adicionamos alguns volumes de interesse dele, como drinks e tatuagem”, diz Lorena.

+ LEIA TAMBÉM: Faça você mesmo a decoração criativa de casa

Outros itens de uso comum podem ser escolhidos a dois. Lorena e Lucas, por exemplo, decidiram o jogo de jantar juntos, algo que ambos vão usar bastante e ver o tempo inteiro. “Fomos juntos a uma loja de decoração e ele escolheu um jogo de pratos azul Tiffany, cheio de passarinhos em estilo provençal. Nada como eu achava que ele escolheria… descobri que ele é mais romântico do que eu nesse dia”, lembra ela. 

Ter uma decoração de ambientes bonita ajuda na rotina de como organizar a casa. Isso porque tendemos a querer cuidar do que achamos belo. E embora cada pessoa seja diferente da outra, é essencial estabelecer as tarefas de todos para manter o lar organizado.

recem-casados-decoracao-loft
Investir em uma base de tons neutros facilita na hora de decorar a casa a dois. Os tons de azul também podem ser usados sem medo, já que costumam agradar a todos

“Eu adoro organizar. Para mim, chega a ser uma terapia. Já para o Lucas é uma absoluta tortura. É o único motivo pelo qual brigamos e ainda estamos tentando encontrar um equilíbrio. Mas a solução prática foi chamar uma pessoa para ajudar com a limpeza e organização uma vez por semana.” 

Como cuidar da casa com pets?

Ter um bicho de estimação é o sonho de muita gente. Apesar das dúvidas sobre cachorro para apartamento, não é tão difícil ajustar o lar e a rotina para a chegada do amigo de quatro patas.

Antes de recebê-lo, prepare o apartamento: tire do alcance do pet objetos e plantas tóxicas e proteja os móveis a que tem mais apego. Lembre-se de que cachorros roem, independente do tamanho ou raça, pois é da natureza deles. 

“Antes do Leopoldo chegar, fizemos uma verdadeira inspeção no apartamento. Removemos tudo que poderia apresentar riscos para ele enquanto filhote, como tomadas. Fizemos uma capa sob medida para o sofá e definimos onde seria a área das necessidades dele (na varanda, onde fica mais arejado)”, ensina Lorena. 

Comprar muitos brinquedos, especialmente os que podem ser roídos sem risco de intoxicação, é uma dica valiosa que deve ser seguida. “Essa preparação prévia facilitou muito a adaptação dele. E a oferta grande de brinquedos e muitos passeios garantiu que ele não destruísse nada!” 

+ LEIA TAMBÉM: Dicas para decorar quarto de bebê e ajudar no seu desenvolvimento

Como dividir as despesas em casal?

No casamento, a busca pelo diálogo aberto deve ser constante. Uma boa forma de começar é abrir o jogo sobre o quanto cada um ganha de salário. A partir daí, poderão estabelecer como dividir as despesas em casal.

A regra básica atual, no que diz respeito a como dividir as despesas em casal, é procurar partilhar tudo proporcionalmente. Assim, você evita mal entendidos e cobranças desnecessárias do parceiro. Isso é feito através de porcentagens com base no salário de cada um – quem ganha mais, contribui um pouco mais com o orçamento doméstico.

De acordo com a Folha de S.Paulo, esta é a alternativa mais recomendada pelos planejadores financeiros. Se um cônjuge ganha R$ 4.000 e o outro recebe R$ 3.000 de salário, podem acertar um percentual de contribuição para as despesas da casa de 80%, por exemplo. Dessa forma, cada um teria os 20% restantes para gastar como quiser, sem cobranças.

A Loft ajuda o casal a encontrar o lar perfeito

É recém-casado ou vai casar em breve e está buscando um lar? Os apartamentos da Loft são entregues reformados, com infraestrutura (elétrica, hidráulica, luminotécnica) 100% refeita e com um perfil de cores neutras nas paredes e acabamentos, que pode servir de base para uma decoração de ambientes com a sua cara. Conheça nosso portfólio de apartamentos!