Saiba qual é a importância da rotina para crianças

Tempo de leitura: 5 minutos

Descubra por que é necessário estabelecer uma rotina para suas crianças e como fazer isso de forma saudável através da inclusão de obrigações, lazer, esporte e afazeres domésticos

Há quem fique entediado só de pensar em um quadro de rotina diária. Preparar o café da manhã, levar os filhos para a escola, comparecer à reunião no trabalho e ir a um jantar com os amigos podem ser algumas das atividades da sua lista – e talvez você não precise de um lembrete sobre elas. Mas quando falamos de crianças, a situação é bastante diferente.

Neste artigo, vamos falar sobre a importância da rotina para crianças e por que esse tipo de planilha é fundamental para o desenvolvimento infantil e para a saúde dos seus filhos. Aprenda ainda como criar uma lista de tarefas personalizada para as atividades da sua família, facilitando também o dia a dia dos pais.

A rotina para crianças inclui: atividades dirigidas, que são aquelas comandadas por adultos, sejam cuidadores, professores ou os pais; atividades livres, como brincadeiras; e atividades de cuidado pessoal, como tomar banho e escovar os dentes. A seguir, entenda mais sobre o conceito de rotina infantil e confira nossas dicas para criar a tabela de horários e afazeres do seu filho!

LEIA TAMBÉM: O nascimento do primeiro filho – o que será necessário mudar em casa?

Por que é importante ter uma rotina diária na infância?

A rotina diária nada mais é do que colocar o planejamento em prática. Ela vai possibilitar que os pequenos se orientem na relação tempo-espaço e se desenvolvam. Uma rotina para crianças é um instrumento construtivo, pois permite que os filhos estruturem sua independência e autonomia, além de estimular a socialização.

Se o dia a dia da criança é desorganizado, isso pode causar a sensação de estresse e irritabilidade. É importante que os pequenos se sintam seguros e que tenham estabilidade, inclusive emocional. 

A saúde infantil melhora consideravelmente com o estabelecimento de uma rotina diária, especialmente porque a tabela de afazeres e horários deve incluir os momentos de higiene pessoal, como lavar sempre as mãos, tomar banho, pentear os cabelos e escovar os dentes.

De acordo com a pedagoga Aise dos Santos Silva, em artigo para o Portal Educação, a rotina não precisa ser extremamente rígida. Deve haver margem para negociações com a criança e certa flexibilidade aos fins de semana, por exemplo. “Pelo contrário, a rotina pode ser rica, alegre e prazerosa, proporcionado espaço para a construção diária do projeto político-pedagógico da instituição de Educação Infantil”, diz ela.

A psicóloga Mayra Gaiato sugere um modelo de rotina para crianças

8 dicas para montar um quadro de rotina

Antes de procurar uma fórmula para o quadro de rotina do seu filho, é preciso olhar com atenção para o dia a dia da sua família. As preferências e necessidades de cada um são únicas e é fundamental estar alinhado a elas para que o projeto dê certo.

De qualquer forma, existem alguns itens que normalmente estão presentes no cotidiano das crianças para que elas se desenvolvam de forma plena e se tornem adultos capazes de cuidar de si mesmos e de administrar a própria vida. Dependendo de como é o dia a dia dos seus filhos, você pode criar uma tabela impressa em papel ou até mesmo desenhar o quadro em uma lousa.

Confira as dicas que separamos para te ajudar a montar o quadro de rotina:

1) Vamos acordar?

É essencial que as crianças tenham um horário certo para levantar da cama todos os dias. Isso vai ajudá-las e desenvolver o senso de responsabilidade e garante que a rotina de sono seja saudável, sem dormir horas a mais ou a menos.

2) Refeições a cada 3 horas

Crianças têm dificuldade em esperar, inclusive pela comida. Por isso, é importante estabelecer uma frequência para as refeições, determinando quando será o café da manhã, o almoço, o jantar e os lanches. Além de ajudar no controle de peso e ansiedade infantil, o resultado também poderá ser visto na vida adulta, com menos chance de desenvolver uma alimentação desregrada.

3) Hora certa para o banho

Ensinar o filho a usar o banheiro e a tomar banho sozinho costuma ser um desafio para os pais. Uma boa solução é escolher o período do dia em que o banho acontece, para desencorajar a preguiça e os protestos dos pequenos. 

Estimule a independência e a confiança da criança deixando que, pela manhã, ela tome banho sozinha seguindo o horário determinado. No fim do dia, acompanhe a atividade de perto, corrigindo erros e direcionando a ação.

4) Dever de casa na mesa

Ter hora e lugar para fazer as tarefas escolares é outro item que não pode faltar no quadro de rotina. Se a criança vai à escola pela manhã, o dever de casa pode ser feito no meio da tarde, depois do descanso pós-almoço.

5) Prática de esportes

Exercícios físicos fazem bem à saúde em qualquer idade, e quanto mais cedo pegamos o hábito, melhor. Para inserir a prática esportiva na rotina da criança, provavelmente será necessário mexer nos horários do dever de casa e do lazer, dependendo dos dias da semana. Mas isso também será importante para que a criança aprenda a administrar a agenda, observando que há atividades que não fazemos todos os dias e outras que são diárias.

6) Lazer (brincadeiras, TV, etc.)

Nada de TV liberada! O lazer também precisa ter hora certa para acontecer e, por mais que seja difícil, os pais precisam resistir aos caprichos da criança. Geralmente, esse será o momento do dia mais esperado pelos pequenos, por isso o ideal é que venha depois que a maior parte das obrigações tiverem sido completadas.

7) Ajuda nos afazeres domésticos

Dependendo da idade do seu filho, é interessante que ele comece a participar da rotina da casa com uma lista própria de afazeres domésticos. Com as crianças menores, você pode começar estimulando-as a cozinhar. Depois de mais crescidos, podem ficar responsáveis por colocar a roupa suja no cesto e lavar a louça algumas vezes por semana, por exemplo.

8) Está na hora de ir para a cama

Ter horário para dormir é uma prática que deve ser estimulada sempre e que evita muitos problemas no futuro, como ansiedade, esgotamento e insônia. Se você quer que seu filho vá para a cama às 21h, é interessante desacelerar as atividades uma hora antes, de forma que o sono comece a chegar.

LEIA TAMBÉM: Dicas para decorar quarto de bebê e ajudar no seu desenvolvimento

Em casa: como a rotina para crianças afeta a organização do lar

Como falamos, a rotina para crianças deve prever atividades ligadas ao funcionamento e à organização da casa. Assim, os pequenos vão aprendendo a cuidar do lar e a se tornarem independentes. 

Procure sempre inserir atividades cujo nível de dificuldade seja adequado para a idade da criança.

Em busca de um lar confortável para melhorar a rotina da família? A Loft pode ajudar!

Agora que já sabe o que é necessário para criar uma boa rotina para crianças, fica mais fácil pensar sobre o que você gostaria de ter em um apartamento ou no condomínio para facilitar o cotidiano da sua família. Muitas pessoas sentem a necessidade de se mudar para um condomínio com área comum, onde os filhos possam brincar em segurança e interagir com outras crianças de apartamentos vizinhos. 

Edifícios com áreas de lazer para brincadeiras e práticas de esportes são uma mão na roda para casais com filhos. Se procura um novo apartamento para acomodar melhor todos os integrantes da família, a Loft oferece imóveis nos melhores bairros de São Paulo. Nossos apartamentos são entregues com opção de reforma, para renovação completa da infraestrutura. Conheça todas as opções de apartamentos à venda e agende sua visita!