taxa-de-financiamento-imobiliario-banco-do-brasil

Como é cobrada a taxa de financiamento imobiliário do Banco do Brasil?

7 MINUTOS DE LEITURA

É muito importante entender a taxa de juros cobrada por um banco antes de fechar negócio com essa instituição. Neste texto, vamos mostrar como funciona a taxa de financiamento imobiliário do Banco do Brasil, que depois da Caixa Econômica Federal é o principal banco público a conceder esse tipo de crédito no país. 

Você vai ver também quais são as condições gerais praticadas pelo BB, que documentos precisa apresentar ao banco e como fazer um financiamento com as menores taxas disponíveis no mercado

  • Qual é a taxa de juros de financiamento imobiliário no Banco do Brasil?
  • É possível fazer a portabilidade de financiamento imobiliário para o Banco do Brasil? 
  • Quais são as condições gerais do Banco do Brasil para financiamentos imobiliários?
  • Quais são os documentos necessários para financiar com o Banco do Brasil?
  • Garanta as melhores taxas de juros para seu financiamento imobiliário

Qual é a taxa de juros de financiamento imobiliário no Banco do Brasil?

Atualmente, a taxa de juros de financiamento imobiliário no Banco do Brasil parte de 6,29% ao ano para imóveis residenciais e 7,30% ao ano para imóveis comerciais. O índice preciso para cada cliente, porém, depende da análise do crédito empreendida pelo banco, que leva em conta a renda mensal de cada um, o relacionamento com o banco e o histórico de pagamentos. Por isso, é importante simular a operação no BB

Os financiamentos de imóvel no Branco do Brasil são corrigidos pela Taxa Referencial (TR). Isso quer dizer que o saldo devedor será multiplicado por esse índice mensalmente para não se desvalorizar ao longo do tempo. A Taxa Referencial está zerada desde 2017.

O tamanho do imóvel influencia na taxa de juros do banco? Descubra neste vídeo

É possível fazer a portabilidade de financiamento imobiliário para o Banco do Brasil? 

Se você já contraiu crédito, pode fazer a portabilidade do seu financiamento imobiliário para o Banco do Brasil. Trata-se da migração de uma operação de crédito de um banco credor para uma outra instituição, com a assinatura de um novo contrato. 

O grande benefício da portabilidade é aproveitar as baixas taxas de juros praticadas atualmente pelos bancos (incluindo o Banco do Brasil). Se você assinou seu contrato de financiamento há alguns anos com outra instituição, provavelmente está pagando juros maiores, já que essas taxas caíram no país ao longo de 2020, principalmente. 

Segundo dados do Banco Central, o Banco do Brasil tinha em janeiro de 2021 juros médios de 7,09% ao ano para pessoas físicas em financiamentos com taxas reguladas. Em 2018, os juros médios do banco eram de 8,52% ao ano no mês de janeiro para o mesmo tipo de operação. 

Se você quer fazer a portabilidade para o BB, é preciso entrar em contato com o banco, apresentando extratos e documentos da operação de crédito original. É o Banco do Brasil que vai contactar seu antigo banco e quitar sua dívida com ele, passando a ser o seu novo credor.

Quais são as condições gerais do Banco do Brasil para financiamentos imobiliários?

As condições oferecidas pelo Banco do Brasil para financiamentos imobiliários são as seguintes: 

  • Financiamento de até 80% do valor de avaliação do imóvel
  • Prazo de pagamento de até 420 meses
  • Correção pela TR (Taxa Referencial)
  • Carência de até seis meses para começar a pagar a dívida (durante a carência, é preciso pagar juros e seguros obrigatórios)
  • Inclusão do ITBI e dos custos cartoriais na operação de crédito
  • Composição de renda permitida entre até três pessoas com vínculo de parentesco, consanguíneo ou por afinidade

Quais são os documentos necessários para financiar com o Banco do Brasil?

Providenciar documentação é fundamental para que o banco possa avançar na análise de crédito do futuro comprador do imóvel e também na análise jurídica da operação. Para financiar no Banco do Brasil, a lista de documentos requisitados é a seguinte:

  • Proposta de financiamento imobiliário preenchida
  • Declaração pessoal de saúde (uma para cada proponente) 
  • Comprovante de estado civil 

Para a inclusão em linhas de crédito com recursos do FGTS ou programas de habitação (como o Casa Verde e Amarela), os documentos são:

  • Declaração de imposto de renda com recibo de entrega (ou declaração de isenção)
  • Comprovante de residência ou de ocupação laboral principal 
  • Carteira de trabalho e extrato do FGTS atualizado
  • Comprovante de renda

Se for usar o FGTS, é preciso enviar:

  • Extrato atualizado do FGTS 
  • Declaração do Imposto de Renda com recibo de entrega ou declaração de isenção
  • Autorização para movimentar a conta vinculada ao FGTS

Em relação ao imóvel, a documentação exigida pelo banco é:

  • Folha do carnê do IPTU com as áreas do imóvel (ou outro documento emitido pelo município)
  • Matrícula atualizada, com certidão negativa de ônus reais e ações reipersecutórias 
  • Certidão negativa de tributos municipais (IPTU e Taxa de Limpeza Pública)
  • Certidão de habite-se, caso ela não conste na matrícula do imóvel

Garanta as melhores taxas de juros para seu financiamento imobiliário

A taxa de juro praticada pelo banco é uma das grandes preocupações dos que buscam financiamentos imobiliários. Mas há outras variáveis que influenciam no custo total da operação a longo prazo: a configuração das parcelas, o prazo de pagamento, o índice de correção associado e outros.

Por isso, é importante ter certeza na hora de assinar um contrato com um banco. A Loft Cred é uma assessoria de crédito imobiliário que pode facilitar essa tarefa para você, colocando à sua disposição um time de especialistas.

Aproveite as vantagens da parceria entre a Loft Cred e o Banco do Brasil

Nosso serviço consiste em procurar as condições oferecidas para o seu perfil em todos os principais bancos do país. Uma vez recebidas as propostas, vamos analisá-las junto com você, identificando a opção mais vantajosa para o seu bolso e para a sua realidade. Você vai contar com nosso suporte personalizado, mas a palavra final será sua.  

Escolhida a proposta, vamos trabalhar para que a aprovação de crédito e a análise jurídica do financiamento sejam concluídas o mais rápido possível. Também cuidamos do envio da documentação ao banco, do trâmite para a avaliação do imóvel, da assinatura do contrato e do registro desse documento no cartório de imóveis. 

Dessa maneira, você não precisa se preocupar com a burocracia da operação de crédito, que ganha mais agilidade. “Somos rápidos em comunicar eventuais pendências para o cliente e resolvê-las para termos a emissão de contrato o quanto antes”, afirma Roberta Oka, da equipe de financiamentos imobiliários da Loft Cred.  

Toda a nossa assistência é gratuita para o cliente e permite que você passe por todos os trâmites do financiamento sem sair de casa. Comece a aproveitar esses benefícios simulando as prestações do seu financiamento com a Loft Cred.

Outros assuntos que podem lhe interessar