Saiba como é cobrada a taxa de financiamento imobiliário no Bradesco

taxa-de-financiamento-imobiliario-bradesco
Tempo de leitura: 6 minutos

Se você é cliente do Bradesco ou pensa em financiar com o banco, vamos explicar neste texto como funciona a taxa de financiamento imobiliário no Bradesco. Você vai conhecer todas as etapas, condições e documentos necessários para comprar seu próximo imóvel com o crédito imobiliário oferecido por esse banco. Vai também descobrir como tornar todo o processo de financiamento mais rápido e vantajoso para o seu bolso a longo prazo.

Ao longo deste artigo, você vai encontrar:

  • Qual é a taxa de juros de um financiamento imobiliário no Bradesco?
  • Como funciona um financiamento imobiliário no Bradesco?
  • Quais são as condições de um financiamento imobiliário no Bradesco?
  • Portabilidade de financiamento imobiliário: qual é a taxa do Bradesco?
  • Que documentos são necessários para financiar no Bradesco?
  • Aproveite as vantagens da parceria entre Loft Cred e Bradesco

Qual é a taxa de juros de um financiamento imobiliário no Bradesco?

A taxa de juros de um financiamento imobiliário no Bradesco é delimitada de acordo com o segmento do cliente – quanto melhor o relacionamento com o banco, menores os juros. Assim, os clientes Bradesco Prime têm taxa de juros de 6.7% ao ano e mais a Taxa Referencial (TR) como índice de correção. 

Já aos clientes Exclusive são oferecidos juros para a operação de 6,8% ao ano, além da TR. Para o segmento Classic, os juros são de 6,9% ao ano, com o mesmo fator de correção das outras faixas. 

Essas taxas de juros valem para imóveis residenciais. Quem quiser comprar um imóvel comercial terá juros entre 9% e 11% ao ano, a depender do valor da operação pretendida. Já a taxa para financiamentos de terrenos varia entre 10% ao ano e 11% ao ano. 

Como funciona um financiamento imobiliário no Bradesco?

No Bradesco, o financiamento imobiliário segue uma série de etapas. Normalmente, ele começa com o cliente simulando condições e taxas e segue para uma série de análises necessárias para garantir a sustentabilidade e a segurança da operação.

  1. Simulação: o primeiro passo é simular o seu financiamento (o que pode ser feito nesta página). É com a simulação que você descobre o valor das parcelas, as taxas e condições gerais que se aplicam ao seu perfil
  2. Análise de crédito: essa etapa é chamada pelo banco de “validação de crédito”. A proposta que foi enviada por meio da simulação será analisada pelo banco, que vai avaliar alguns documentos e verificar se você tem perfil de bom pagador e renda mensal suficiente para o financiamento
  3. Avaliação do imóvel: o banco vai encomendar uma análise feita por um engenheiro para determinar o valor do imóvel. A data será acordada com o cliente
  4. Assinatura do contrato: feita avaliação do imóvel, as partes envolvidas na compra e venda vão até uma agência assinar o contrato com o banco. Esse documento deve ser levado a um cartório de imóveis para o devido registro
  5. Liberação do crédito: depois do pagamento do Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI)  e do registro do contrato de financiamento, o cliente deve comparecer à agência bancária com a documentação comprobatória da conclusão desses  trâmites. O dinheiro é, então, liberado para a compra 
É uma boa hora para contratar um financiamento de imóvel? Vídeo da Infomoney responde 

Quais são as condições de um financiamento imobiliário no Bradesco?

As condições gerais para a concessão de crédito habitacional pelo Bradesco são as seguintes: 

  • Parcelas distribuídas de duas formas: pelo Sistema de Amortização Constante (SAC, com parcelas decrescentes) ou então pela Tabela Price (cujas prestações são iguais todo mês)
  • Comprometimento máximo da renda mensal com as parcelas de 30% para o SAC e 20% para a modalidade Price
  • Financiamento que cobre até 80% do valor de avaliação do imóvel
  • Prazo de 30 anos para o pagamento das parcelas
  • Possibilidade de juros reduzidos e condições especiais para servidores públicos do Estado do Rio

Já as regras para imóveis comerciais são as seguintes:

  • Comprometimento de renda com as parcelas de até 20% da renda mensal do cliente
  • Financiamento de até 70% do valor de avaliação do imóvel 
  • Incidência de IOF na operação
  • Pagamento em até 120 meses

Se você quiser financiar a compra de terrenos para a construção de imóveis, o banco pratica as seguintes condições:

  • Valor mínimo de financiamento de R$ 100 mil
  • Crédito de até 70% do valor de avaliação do terreno
  • Comprometimento máximo de até 15% da renda mensal do cliente

Portabilidade de financiamento imobiliário: qual é a taxa do Bradesco?

Para você que já tem um financiamento imobiliário ativo, a taxa de juros do Bradesco pode representar uma boa opção de portabilidade. É assim que chamamos o processo de mudança do banco credor da operação, que pode ser muito vantajoso para o cliente. 

Com a portabilidade, você pode se beneficiar dos juros oferecidos pelo Bradesco atualmente (entre 6,7% e 6,9% ao ano para imóveis residenciais), provavelmente menores que os concedidos por outros bancos no passado. 

No novo contrato, o banco de destino vai aplicar os juros do momento da assinatura do documento. Por isso, a portabilidade é um bom negócio para quem fez um financiamento de imóvel há alguns anos. Com a queda da taxa de juros no país nos últimos tempos, o crédito está mais barato agora. 

Segundo dados do Banco Central, os juros médios para financiamentos de pessoas físicas com taxas reguladas estavam em 9,13% ao ano em março de 2017. Em janeiro de 2021, último mês disponível na série histórica do BC, essa média caiu para 6,96% ao ano. 

Para fazer a portabilidade, procure o banco onde você já tem um financiamento ativo. Solicite a documentação relativa à operação. Se encontrar um novo banco credor com taxas atrativas, dê entrada no processo – é essa instituição que vai se encarregar de contactar o antigo banco credor e fazer a migração do seu financiamento de imóvel. 

Que documentos são necessários para financiar no Bradesco?

De acordo com o Bradesco, a pré-análise de crédito do comprador necessita de apenas quatro dados do interessado (CPF, informações de renda, data de nascimento e valores da operação), e a resposta sai em 24 horas. Para outros  trâmites da operação de crédito, o comprador (sendo pessoa física) precisa entregar a seguinte documentação:

  • Formulário “Proposta de Financiamento Imobiliário” e documentação para a comprovação de renda
  • Cópia de RG e CPF (incluindo os de eventuais cônjuges)
  • Comprovante de estado civil
  • Comprovante de regime de bens: escritura de pacto antenupcial lavrada no Cartório de Notas e registro do pacto no Cartório de Registro de Imóveis
  • Formulário sobre dados de saúde do mutuário

Caso o cliente use recursos do FGTS, há uma relação de documentos complementares:

  • Extrato atualizado do FGTS
  • Cópia da carteira profissional 
  • Formulário preenchido com autorização para movimentação do fundo
  • Cópia da Declaração do Imposto de Renda do último exercício com o recibo de entrega
  • Cópia de um comprovante de endereço
  • Comprovação do local da ocupação principal (contrato de trabalho, declaração do empregador ou holerite. Para autônomos, vale um registro de autonomia, documento emitido pelas prefeituras)

Para o imóvel financiado, os documentos requeridos pelo Bradesco são:

  • Cópia da capa do carnê de IPTU mais recente
  • Certidão da matrícula do imóvel com negativa de ônus expedida pelo Serviço de Registro de Imóveis, atualizada e original, com averbação da construção do imóvel e com validade de 30 dias
  • Certidão negativa de impostos e taxas municipais (com validade de 90 dias)
  • Para imóveis em condomínio: declaração em que conste a ausência de débitos condominiais assinada pelo síndico (com validade de 60 dias) ou uma declaração de dispensa de certidões e declarações
  • Para imóveis em situação de foro e laudêmio: certidão ou declaração negativa de foro ou laudêmio, ou uma Certidão de Autorização de Transferência (CAT) com comprovação do pagamento da taxa

Aproveite as vantagens da parceria entre Loft Cred e Bradesco

Um financiamento imobiliário no Bradesco, assim como nos demais bancos públicos e privados, tem uma série de procedimentos burocráticos a serem superados. O percurso até a liberação de crédito pode ser mais fácil e rápido se você contar com uma assessoria em seu financiamento, como a Loft Cred.

O serviço da Loft Cred consiste em intermediar todo o relacionamento entre o comprador do imóvel e o banco que vai financiá-lo. Nossa parceria com o Bradesco garante suporte completo aos clientes, da análise inicial do seu perfil até a liberação do crédito. Tudo isso sem custos adicionais para o seu bolso e sem que você precise sair de casa. 

 “Ainda na etapa de negociação do financiamento, a gente já consegue mostrar para o cliente quais condições cada banco deve oferecer para ele”, explica Roberta Oka, especialista em financiamentos da Loft Cred. Isso quer dizer que nossa equipe apresenta as condições de crédito oferecidas pelos principais bancos do país para o seu perfil. 

Orientado por nosso time, com ampla experiência no mercado, você tem a palavra final nessa escolha. Dessa forma, tem a chance de escolher as menores taxas de juros entre várias instituições e linhas de financiamento disponíveis. 

Feita essa escolha, o time da Loft Cred auxilia na aprovação do seu crédito, resolve quaisquer pendências que surjam durante a análise jurídica da operação e dá assistência com toda a documentação obrigatória e recolhimento de impostos.

O suporte da Loft Cred só é concluído quando o banco libera o crédito. Financiando por conta própria, você teria que peregrinar por várias instituições financeiras até encontrar as melhores condições do mercado. Também não teria o amparo de especialistas – e precisaria lidar sozinho com a burocracia envolvida na obtenção de crédito.

Simule com a Loft Cred e conte com nosso time para financiar seu imóvel