tipos-de-piso-de-madeira

Conheça 5 tipos comuns de piso de madeira e seus cuidados

5 MINUTOS DE LEITURA

Saiba as diferenças entre multistrato e multilaminado e por que desistir da cera na hora de limpar pisos de madeira.

Um belo piso de madeira é um dos pontos altos de qualquer imóvel, capaz de encantar e agregar valor. Mas qual tipo de piso de madeira é o certo? E quais são os cuidados necessários para mantê-lo? Descubra neste post! 

Quer alguns motivos para ter casa com piso de madeira?

Beleza e charme únicos

Não é à toa que pisos de madeira são tão desejados. Além de esteticamente agradáveis, eles são múltiplos: há diferentes tons, texturas e estilos de paginação disponíveis no mercado.

Isolamento térmico

Os pisos de madeira são uma ótima opção térmica, já que demoram a esfriar ou esquentar e tornam o ambiente mais confortável de forma geral.

Som na medida

Pisos de madeira têm tremenda capacidade acústica e tornam os sons mais macios e consistentes em seus ambientes.

Limpeza sem dificuldades

Esqueça o que você ouviu falar sobre encerar piso de madeira. Com cuidados cotidianos, um pano umedecido e uma vassoura de cerdas macias, você já deixa o piso de madeira de casa em ótimas condições.

Longevidade

Pisos de madeira bem cuidados têm grande longevidade: entre 20 e 70 anos! Além disso, podem ser frequentemente restaurados, o que é bom para você e para o meio ambiente.

Quais os tipos de piso de madeira disponíveis?

Há 5 tipos de piso de madeira comuns no Brasil:

  • Piso de madeira maciço: a régua toda é da mesma madeira, tornando-a muito mais resistente e longeva;
  • Piso de madeira multistrato: réguas menores de madeiras maciças aplicadas de forma cruzada, criando um mosaico resistente;
  • Piso de madeira multilaminado: régua composta por várias lâminas de madeira em sua base (incluindo de reflorestamento) e revestida com cerca de 0,6mm madeira nobre (não permite restauro);
  • Piso de madeira multiestruturado: réguas com lâminas de madeiras diferentes na base e estrutura revestida com cerca de 3-4mm de madeira nobre e aplicadas de forma cruzada;
  • Piso de madeira deck: único indicado para áreas externas, é feito com madeira maciça e resistente à água.

Dentro desse universo, há ainda os diferentes tipos de madeira (como teca, cumaru, sucupira, carvalho, peroba etc.) e categorias (por exemplo: tacos, assoalhos, parquet), o que garante muitas opções de cores, acabamentos e efeitos. 

No vídeo acima, saiba mais sobre tipos de piso de madeira

Leia também: Confira dicas para mobiliar um apartamento com sucesso

Piso de madeira: como cuidar e manter

De forma geral, as madeiras mais claras são mais macias (precisam de mais cuidado) e as mais escuras, mais duras (mais resistentes ao dia a dia). Quando bem cuidadas, todas elas podem durar décadas! 

piso-de-madeira-limpeza
Há vários tipos de piso de madeira, mas nenhum deles gosta de água

Como limpar piso de madeira: sem água

Em comum, os pisos de madeira têm uma regra: não lave-os com água. Ao invés disso, prefira varrer com uma vassoura de cerdas macias para não riscar a madeira e usar um pano levemente umedecido. 

Tem o famoso chão de taco em casa? No vídeo acima, veja como limpar taco de madeira

Justamente por serem sensíveis à água, não é indicado ter pisos de madeira em áreas molhadas, como cozinhas e banheiros. O único tipo de piso de madeira adequado para tanto é o deck, aplicado em áreas externas.

Cera no piso de madeira: não aplique!

Aliás, mais uma coisa para não fazer: não use cera nos pisos de madeira. Ela pode impedir a madeira de respirar, convidar bactérias e fungos e acabar com a durabilidade do produto. 

Para manter o brilho e a resistência que procura, invista na aplicação de camadas de verniz de tempos em tempos – uma vez por semestre, por exemplo.

Minimize riscos e sujeira no piso de madeira

Para auxiliar na manutenção dos pisos de madeira, lembre-se de limpar os sapatos em um capacho antes de entrar, já que eles podem trazer poeira das ruas e sujar as frestas. 

Também preste atenção ao que pode riscar ou umedecer o material, como móveis com rodinhas e vasos deixados diretamente no chão. 

Os móveis, aliás, devem ser movimentados com cuidado pelo mesmo motivo (nada de arrastar!) e ter feltros nos pés. 

Revitalizar piso de madeira é possível

Frequentemente também é possível revitalizar, raspar e restaurar tipos de pisos de madeira. Ou seja: antes de desistir, consulte um profissional da área. Quem sabe é possível dar vida nova às lâminas?

Esperamos que o conteúdo tenha sido de ajuda! E se o que você busca é aquele apê lindão com piso de madeira, dê uma olhada no nosso portfólio de apartamentos à venda e encontre o seu!

Outros assuntos que podem lhe interessar

Assine nossa Newsletter
Assine nossa newsletter